Projetos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5940 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Pouco para a direita, estava pronto o sinal da multiplicação. Ele queria que as pessoas sempre lembrassem que o produto é uma soma de parcelas iguais. A multiplicação já era do conhecimento dos matemáticos daquela época, bem antes do surgimento do sinal de vezes. Existiram ao longo dos séculos, muitos processos para multiplicar dois números. Um deles era a “ gelosia, “ou veneziana, porassemelhar-se a um tipo de janela bastante comum nas ruas de Veneza, cidade da Itália. De um modo geral, no campo dos números relativos, as duas operações adição e subtração aparecem unificadas numa só, que se chama “soma algébrica”.

2.6 A DIVISÃO
Numa divisão com números inteiros, com o divisor diferente de zero, obtêm-se; a) quociente positivo quando esses números (dividendo e divisor) são demesmo sinal. b) quociente negativo quando esses números (dividendo e divisor) são de sinais diferentes; isto implica dizer que o produto de dois números relativos tem como valor absoluto o produto dos valores absolutos dos fatores e seu sinal será + ou — conforme os dois fatores tenham sinais iguais ou diferentes.

2.7 EQUAÇÕES
O francês François Viète, nascido em 1540, foi conselheiro dorei da França, Henrique 1V1 advogado de profissão e grande apreciador da matemática descobriu várias notações, entre elas, letras para representar números nas equações. Porém, os matemáticos não ficaram muito satisfeitos com essa notação de Viète, por ainda utilizar algumas palavras, é igual a, ou algumas abreviações para formar equações: P = abreviação de pias ( mais, em francês), para substituiro sinal + M = abreviação de moins ( menos, em francês), para substituir o sinal —.
O matemático inglês Robert Recorde escreveu em um de seus livros que para ele não existiam duas coisas mais parecidas que duas retas paralelas. Um importante símbolo começava a surgir no mundo da Matemática. Isto porque Thomas Harriot gostou tanto da idéia de seu colega — desenhar duas retas paralelas para indicarque duas quantidades são iguais, e diminuiu um pouco esée sinal =, passando a usá—lo nas equações de Viète para substituir o conjunto de palavras é igual a: Além disso, Harriot substituiu as abreviações p e m pelos sinais + e - .Assim, as equações passaram a ser expressas exatamente do modo como as conhecemos hoie: 3 a + 8 =23.
A contribuição de Viéte foi importantíssima para com amatemática, pois até o surgimento de seu sistema de notação, as equações eram expressas totalmente em palavras e eram resolvidas com mais dificuldade, com longas e monótonas explicações. A notação de Viête significou o passo decisivo e fundamental para a construção do verdadeiro idioma da Álgebra: as equações. É por isso que até hoje, François Viéte é conhecido como O Pai da Álgebra.
O famoso e competentemédico e professor de matemática, Robert Recorde, contribuiu muito com o desenvolvimento da matemática por ser um apaixonado pela ciência. Em 1541, publicou sua primeira obra, Chão de Artes, um livro de aritmética com muitas aplicações comerciais e problemas interessantes. Mas o livro mais conhecido de Robert Recorde é a “Agudeza de uma pedra de amola?’, publicado em 1557. O título indica comoRecorde imaginava e idealizava o raciocínio matemático. Recorde faleceu em 1558, na prisão, a História não registrou o motivo de seu encarceramento. Simon Stevin, tornou-se um best-seller da matemática, pela sua obra” O décimo “. Esse livro, fez com que os comerciantes daquela época ficassem entusiasmados, pois graças ao livro as soluções para a resolução dos cálculos envolvidos no comércio podiamser feitos com a maior rapidez e simplicidade Simon Stevin nasceu em Burges, na região de Flandes, em 1548. Seu objetivo era de ensinar a todos como efetuar sem muita dificuldade os cálculos necessários entre os homens por meio de inteiros sem frações. Como as frações decimais já eram conhecidas pelos matemáticos da China antiga, da Arábia medieval e da Europa do Renascimento, passou a usá-las...
tracking img