Projetos sociais esporte e lazer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2792 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Praça da Juventude: a inclusão social como exercício diário de cidadania
O projeto Praça da Juventude foi criado em 2007 com o objetivo de levar um equipamento esportivo público e qualificado para a população que pudesse, ao mesmo tempo, tornar-se ponto de encontro e referência para a juventude. Mais do que um espaço físico para a prática de esportes, a Praça da Juventude é uma área deconvivência comunitária onde são realizadas também atividades culturais, de inclusão digital e de lazer para a população de todas as faixas etárias.
Quem Pode Participar?


Prefeituras e governos estaduais estão convidados a participar! Para isso, o gestor deve entrar em contato com a Gerência do Projeto.
A propriedade do terreno deve ser do ente que firmará o contrato para execução da obra, ou seja,da prefeitura ou governo do estado, que precisa estar com a certidão do terreno. O terreno deve estar nivelado/plano de preferência. Para facilitar a avaliação, é interessante anexar fotos do terreno ao requerimento.
O recurso para execução da obra pode ser obtido de três formas: dotação própria do Ministério do Esporte, recursos do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, o Pronasci,ou emendas parlamentares.

A contrapartida é a mesma prevista em lei para qualquer repasse de obra de infraestrutura e varia de acordo com a região. Há possibilidade de se realizar a construção em etapas, desde que já na primeira fase a obra apresente funcionalidade.
Como Participar

Para requerer a construção de uma Praça da Juventude no seu município é preciso, em primeiro lugar,cadastrar a proposta no Sistema de Convênios – SICONV (www.convenios.gov.br), no seguinte código de programa:
• 5100020120077 – Esporte e Grandes Eventos Esportivos – Implantação e Modernização de Infraestrutura para Esporte Educacional e de Lazer – (CONTRATOS DE REPASSE)

Neste código, é possível o cadastramento propostas voluntárias (recursos provenientes da programação do Ministério do Esporte) oude emendas parlamentares consignadas no Orçamento Geral da União – OGU.
Em seguida, faz-se necessário o encaminhamento de ofício dirigido ao Ministro do Esporte na qual deverá constar a descrição do objeto solicitado e o número da proposta gerado pelo SICONV. O endereço para o recebimento das propostas é Esplanada dos Ministérios, bloco A, 7º andar. CEP 70054-900 – Brasília – DF.
GestãoCompartilhada

A gestão da Praça da Juventude é de responsabilidade do ente conveniado. Cabe à prefeitura ou governo do estado administrar os espaços a partir de suas competências. No entanto, por meio de experiências nacionais e ibero-americanas de gestão de equipamentos públicos de lazer, identificou-se práticas de gestão de políticas públicas participativas, implantadas e em fase de implementação.Essas práticas são conhecidas como Gestão Compartilhada.
Na Gestão Compartilhada, além da intervenção do estado, o desenvolvimento (humano, social ou sustentável) exige o protagonismo local. Ou seja, a atuação das pessoas que vivem em suas comunidades e que conhecem, como ninguém, cada particularidade, cada necessidade. Com o compromisso e a adesão da comunidade local, as políticas de indução oupromoção do desenvolvimento têm maior chance de êxito. Por ser participativa, a estratégia de gestão compartilhada contribui para o crescimento do capital humano e social, ampliando as possibilidades de a população local sentir-se “dona” de seus direitos e deveres, facilitando a conquista da boa governança.
A estratégia será submetida a análise e discussão dos governos federal, estadual emunicipal junto à sociedade civil organizada, em um seminário que o Ministério do Esporte promoverá em 2011. A partir daí será desenvolvido, sob a supervisão da Gerência de Projetos do Ministério do Esporte, um modelo de gestão para as Praças da Juventude.


O Projeto
Praça da Juventude é um projeto destinado a comunidades situadas em espaços urbanos com reduzido ou nenhum acesso a equipamentos...
tracking img