Professor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1412 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Portucalense

Simulação de Proposta de Plano de Projecto de Mestrado

Trabalho realizado no âmbito do Mestrado em Matemática/Educação na disciplina de Metodologias de Investigação

Filipe José Alves do Couto n.º17693

PORTO 2010

[METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO]

PLANO DE PROJECTO

PROPOSTA DE PLANO DE PROJECTO DE MESTRADO

Universidade Portucalense

ÁREA:MATEMÁTICA/EDUCAÇÃO TÍTULO: A UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS NO ENSINO DE FRACÇÕES
O CASO DO ENSINO NA 7ª CLASSE NOS LICEUS PÚBLICOS DE BISSAU

CANDIDATO: FILIPE JOSÉ ALVES DO COUTO INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE PORTUCALENSE INFANTE DÃO HENRIQUE

MAIO 2010

2

[METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO]

PLANO DE PROJECTO

CONTEXTO
Os materiais manipuláveis de diversos tipos são, ao longo de toda aescolaridade, um recurso privilegiado como ponto de partida ou suporte de muitas tarefas escolares, em particular das que visam promover actividades de investigação e a comunicação matemática entre alunos. O essencial é a natureza da actividade intelectual dos alunos, constituindo a utilização de materiais como um meio e não um fim. No ensino da Matemática, são vários os estudos que mostram que osalunos são estimulados para a aprendizagem através de materiais manipuláveis. Ao longo dos tempos, educadores de diferentes épocas como Comenius, Locke, Rousseau, Pestalozzi, Froebel, Herbart, Dewey, Montessori e outros, já apontaram a importância da prática com materiais manipuláveis na aprendizagem. Estes e outros pensadores argumentaram favoravelmente sobre o “aprender fazendo” e sobre a utilizaçãode objectos como facilitadores da aprendizagem. A formação inicial de professores na Guiné-Bissau é deficiente e o recurso aos materiais manipuláveis, por parte dos professores guineenses, como estratégia educativa é inexistente. As Fracções são um dos temas da 7ªclasse do currículo de Matemática na Guiné-Bissau em que os alunos revelam mais dificuldades. Os professores reclamam falta de estudopor parte dos alunos e a ausência de manuais para justificarem o insucesso nesta parte da matéria. No estudo das Fracções, os alunos, para além da necessidade de compreensão do conceito de Fracção, deparam-se com conteúdos inerentes. A relação, a representação, a comparação, a simplificação e as operações com fracções são assuntos abordados, durante todo um trimestre lectivo, e que requerem doaluno motivação e dedicação. Na minha função de formador de professores de Matemática, no PASEG (Programa de Apoio ao Sistema Educativo da Guiné-Bissau), compete-me acompanhar pedagogicamente os professores. Devo identificar as suas dificuldades e lacunas e conduzi-los, através de um processo formativo e reflexivo, a um melhor desempenho como educadores de Matemática. É por estas razões que énecessária uma mudança no modo de ensinar por parte dos professores guineenses. Este trabalho, desenvolvido no contexto de formação contínua de professores guineenses, pretende demonstrar os benefícios da utilização de materiais manipuláveis, criando uma atitude positiva, em relação a esta estratégia, nos professores.

3

[METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO]

PLANO DE PROJECTO

METODOLOGIA DEINVESTIGAÇÃO
VARIÁVEIS EM ANÁLISE Variável Independente – Materiais manipuláveis Variável Dependente – Ensino de Fracções QUESTÕES EM ANÁLISE - Será que um tipo de ensino com recursos aos materiais manipuláveis tem maior impacto na aprendizagem das Fracções? - Quais as comparações existentes entre este tipo de ensino, com recurso aos materiais manipuláveis, e um ensino tradicional das Fracções? CONTEXTOEMPÍRICO Nesta investigação utilizarei dez turmas de diferentes liceus de Bissau. As turmas são de professores locais, aos quais efectuo supervisão pedagógica, no âmbito de um Projecto da Cooperação Portuguesa de apoio ao Sistema Educativo na Guiné-Bissau. Cinco turmas servirão como grupo experimental e serão sujeitas ao ensino das Fracções através do uso de materiais manipuláveis. As restantes...
tracking img