Processo civil iv

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (287 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
CAMPUS : BARRA WORLD
CURSO : DIREITO PERÍODO: 7º
ALUNA: LUIZA ALEXANDRINA DE CARVALHO
MATÉRIA:PROCESSO CIVIL IV

SEMANA : 7

1a questão. Romeu ajuizou execução por quantia certa em face do Raimundo, tendo por base um título executivo extrajudicial que indica a existência deuma obrigação de pagar. Este, ao ser citado, apresenta requerimento para parcelar a dívida, nos moldes do art. 745-A do CPC, porém em bases distintas, ou seja, pagamento parcelado edividido em 40 (quarenta) parcelas acrescida da correção monetária e juros. O magistrado intima o credor para se manifestar a respeito, que informa não concordar com a propostaapresentada. No entanto, atento ao princípio do menor sacrifício do executado (art. 620, CPC), o juiz entende que o parcelamento deve ser deferido nos termos propostos. Indaga-se: o parcelamentoprevisto no art. 745-A do CPC depende da anuência do exeqüente? E se for apresentada uma proposta de pagamento em termos distintos, como no caso vertente, haverá a necessidade deexpressa anuência do credor para que a mesma seja aceita?

R: A questão é divergente, entretanto, o parcelamento poderá ser feito sem a anuência do credor, quando for verificada ahipossuficiência, fazendo assim jus ao parcelamento para a quitação da dívida.

2a questão. Para se promover uma execução por quantia certa em face do Banco do Brasil (sociedade deeconomia mista), com lastro em título judicial, o procedimento executivo adequado é:

a) Execução por quantia certa em face da Fazenda Pública (art. 730, CPC);
b) Execução por quantiacerta em face de devedor solvente (art. 475-J, CPC);
c) Execução por quantia certa em face de devedor insolvente (art. 748, CPC);
d) Execução fiscal (Lei nº 6.830/80).

GABARITO: A
tracking img