Preconceito linguistico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (709 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O lugar onde melhor se fala português no Brasil é o Maranhão?

Com o aumento da demanda internacional por algodão para atender a indústria têxtil inglesa e à redução da produção norte americana porcausa da Guerra de Independência nos Estados Unidos, formou-se um cenário ideal para a produção algodoeira no Maranhão no século XVIII. Nesse período considerado a fase de ouro da economiamaranhense, São Luís passou a viver uma efervescência cultural. A cidade, que se relacionava mais com as cidades europeias do que com outras cidades brasileiras, foi  a primeira a receber uma companhia italianade ópera. Possuía calçamento e iluminação como poucas do país. As últimas novidades da literatura francesa eram recebidas semanalmente.
É nessa fase que São Luís passa a ser conhecida por “AtenasBrasileira”. A denominação decorre do número de escritores locais que exerceram papel importante nos movimentos literários brasileiros a partir do romantismo. Surgiu, assim, a imagem do Maranhão como oestado que fala o melhor português do país. A primeira gramática do Brasil foi escrita e editada na cidade por Sotero dos Reis. Mesmo nos dias atuais a cidade ainda tem uma grande vocação natural paraa literatura e poesia.
Seria por isso, o Maranhão considerado como o lugar onde melhor se fala o português?
No livro “Preconceito Linguístico” *, o autor desmistifica no mito 5, o fato de que oMaranhão é o lugar onde melhor se fala o português. Seus argumentos giram em torno de pesquisas sociolinguísticas que afirmam o fato do melhor falar não depender da região geográfica. Como ele mesmo citano livro:
“Toda variedade linguística atende às necessidades da comunidade de seres humanos que a empregam. Quando deixar de atender, ela inevitavelmente sofrerá transformações para se adequar àsnovas necessidades. Toda variedade linguística é também resultado de um processo histórico próprio, com suas vicissitudes e peripécias particulares”.
Bagno cita também um exemplo de uma entrevista...
tracking img