Ppra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7731 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE:



CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA


1. RESPONSABILIDADE PELA IMPLANTAÇÃO DO PPRA

2. RESPONSABILIDADE TÉCNICA

3. ASPECTOS GERAIS

4. CONCEITOS

5. ESTRATÉGIA E NÍVEL DE AÇÃO

6. MEDIDAS DE CONTROLE

7. EFICÁCIA DAS MEDIDAS DE CONTROLE

8. LEVANTAMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS POR SETOR

9. LEVANTAMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS POR FUNÇÃO

10. ANÁLISE QUANTITATIVA

11. LEVANTAMENTO DEPROBLEMAS RELACIONADOS À
SEGURANÇA – IN LOCO

13. CRONOGRAMA ANUAL DE AÇÕES DO PPRA


















1 - CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA:

RAZÃO SOCIAL: COOPERATIVA AGROPECUÁRIA DO VALE DO PARACATU LTDA.

ENDEREÇO: RUA SILVINO REIS Nº 160 – BAIRRO CENTRO.

MUNICÍPIO: PARACATU – MG.

N. º C.G.C.: 23.153.943/0008-26. INSC. ESTADUAL: 470.045.581.06 – 44.

N. º CNAE –50.50-4. GRAU DE RISCO: 03.

ATIVIDADE: COMÉRCIO E VAREJO DE COMBUSTIVEIS.

NÚMERO DE EMPREGADOS: 17.

2. - Responsabilidade pela implantação

Por solicitação e iniciativa da Diretoria Cooperativa Agropecuária do Vale do Paracatu, juntamente com a Gerencia do Posto de Combustível, situada a Rua Silvino Reis nº 160, Bairro Centro no município de Paracatu - MG, se desenvolveu o PPRA -Programa de Prevenção de Riscos Ambientais, devendo a diretoria juntamente com a gerencia da respectiva unidade da Coopervap, dar continuidade implementando as medidas de controle existentes neste documento base, de acordo com cronograma de ações, bem como monitorando conforme preceitua a NR-09 da portaria 3.214/78 do Ministério do Trabalho.






|____________________________________|_______________________________ |
|ROBERTUS FERDNANDUS M. V. DOORNIK |FRANCISCO SALES JALES. |
|Gerente Administrativo |Diretor Presidente da Coopervap.|



3. - Responsabilidade Técnica:

A Responsabilidade Técnica pela elaboração e acompanhamento da efetivação das medidas de controle deste documento base (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) cabe ao Sr. José dos Reis Farães – Técnico de Segurança do Trabalho, com registro na DRT/MG sob o n. º MG/001968.2 – Coordenador do SESMT da Cooperativa Agropecuária do Vale doParacatu LTDA.




|_________________________________ |
|José dos Reis Farães. |
|Técnico em Segurança do Trabalho.|
|Reg. DRT: MG – 001968.2. |


1. Legislação


1. Introdução


A NR 15 (Atividades) e a nona norma regulamentadora do trabalho urbano, cujo título é Programa de Prevenção de Riscos Ambientais,estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implementação, por parte dos empregadores do PPRA, visando a prevenção da saúde e integridade física dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e conseqüente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho.


2. NR 9 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais


1.2.1Referência Jurídica (Artigos 176 a 178 da CLT)

Art.176 Os locais de trabalho deverão ter ventilação natural, compatível com o serviço realizado.

Parágrafo único – A ventilação artificial será obrigatório sempre que a natural não preencha as condições de conforto térmico.

Art.177 Se as condições de ambiente se tornam desconfortáveis, em virtude de instalações geradoras de frio ou de calor, será...
tracking img