Powerbuilder

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2759 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Programação Sybase PowerBuilder

Marcelo Michels
Autor

WorkSpace
WorkSpace é a base para a criação de aplicações. Cada WorkSpace pode conter um ou mais projetos. Usando a WorkSpace é possível cria uma controlador de versões. Sem a WorkSpace é impossível desenvolver uma aplicação. New – WorkSpace – WorkSpace

Target
Os projetos são as Target‟s no PowerBuilder, lembrando que podemos ter váriastarget‟s dentro de uma mesma WorkSpace. New – Target – Aplication

PBT – PowerBuilder Target
A pbt é um arquivo que armazena as informações sobre sua aplicação, como nome, lista de suas bibliotecas e deploy.

PBL – PowerBuilder Library
Dentro das Target‟s temos as PBL‟s que são utilizadas para separar os objetos criados dentro da Target. New – Library – Library

Window
A Window é bem subdividida enotamos na parte inferior algumas abas que fazem esta divisão, as principais são: A aba Event List exibe todos os eventos do objeto que está selecionado. A aba Function List mostra as Funções e Métodos. A aba Declare Instance Variables é onde podemos declarar as variáveis do tipo Global e do tipo Instância. New – PB Object – Window

Instância, Global e Local
São os níveis de declaração dasvariáveis no sistema. Para entendermos melhor. Instância: são as variáveis que ficarão visíveis a todo o objeto e ficarão disponíveis quando o objeto estiver sendo utilizado. Global: pertencem à aplicação. Local: são as variáveis declaradas dentro de métodos ou funções e são destruídas após o término da execução do método ou função.

Variáveis
São alocações de memória responsáveis por armazenar algum tipode informação. Existem vários tipos de variáveis no PowerBuilder. São eles: Integer, Double, Long, LongLong, Char, String, Date, Time, DateTime, Boolean DataWindow, DataStore e etc...

Padrões de nomenclatura usados no PowerBuilder
Nomes de variáveis devem dizer exatamente para que elas são usadas. Um importante ponto que surge neste instante é que devemos, ao olhar para o nome da

variável,saber sua abrangência e seu tipo de dados. As algumas das convenções de nomenclatura de variáveis são as seguintes: Abrangência Local De instância Global Recebida por (funções)

l i g parâmetro a (argument)

Tipo Integer Long Double Decimal String Boolean Como usar os padrões:

i l d dec s b

Variável local do tipo string, para armazenar o nome de uma pessoa: ls_nome Variável global do tipo integerpara armazenar o número de usuários conectados ao sistema: gi_usuarios_conect Variável long de instância para armazenar um contador il_ctd

Sintaxes
Operadores
Os operadores relacionais são: =; <>; >; <; >=; <=. Os operadores aritméticos são: +, -, *, /. Os operadores lógicos são: AND (e); OR (ou); NOT (não); e combinações entre eles.

Mensagens
Para exibir mensagens em texto usando a caixa demensagens padrão do Windows, utilizamos o comando MessageBox(). Sintaxe: MessageBox(, , <ícone>*, *, *) * Opcionais Icon: Information! (Default) StopSign! Exclamation! Question! None! Button: OK! - (Default) Botão OK OKCancel! - Botões OK e Cancelar YesNo! - Botões Sim e Não YesNoCancel! - Botões Sim, Não, e Cancelar

RetryCancel! - Botões Repetir e CancelarAbortRetryIgnore! - Botões Abortar, Repetir, e Ignorar

Exemplo: MessageBox('Atenção', 'Programando!')

Comentários
Há duas formas de se inserir comentários no script do PowerBuilder, são elas: Comentário em linha: // Comentário ou comentário em bloco: /* Comentário Comentário linha 2 Comentário linha 3 */

IF
O IF é o comando fundamental para desenvolver um sistema Sintaxe: IF THEN END IF Sintaxe: IF THEN ELSE END IF Sintaxe: IF THEN Sintaxe: IF THEN ELSEIF THEN ELSE END IF Exemplo: IF DataWindow.Update() > 0 THEN MessageBox('Curso', 'Dados salvos', INFORMATION!, OK!, 1) ELSE...
tracking img