Portugues

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4261 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO ACELERA 7º ANO/LÍNGUA PORTUGUESA





O MUNDO DA LEITURA
Capítulo 1: A produção de sentidos
Conversando
As páginas de abertura das unidades e dos capítulos devem ser sempre exploradas.
É necessário que o aluno reflita sobre o título da unidade, que leia o texto de apresentação, que observe atentamente a imagem e que perceba as relações entre título, apresentação e imagem.Perguntas:
─ Qual o sentido de ter colocado a imagem?
─ Qual o sentido das palavras colocadas sobre a imagem?
Explorada a página de abertura da unidade, passe ao título do Capítulo 1 – A produção de sentidos.
O Conversando é uma seção extremamente
importante para dar sentido ao que se pretende trabalhar no capítulo e para despertar o interesse.
As questões apresentadas têm oobjetivo de levar a perceber que a produção de sentidos se dá na
interação autor-texto-leitor e que essa interação requer habilidades relacionadas ao gênero textual, ao objetivo da leitura, ao fato de o texto ser escrito ou falado, etc.
Partindo do texto
São propostos dois textos (fragmentos) voltados para o tema da leitura. O texto 1 é parte de uma crônica em que João Ubaldo Ribeiro relataa sua relação com os livros, desde a mais tenra idade, numa época bem diferente da atual. A apresentação desse texto tem o objetivo de mostrar aos alunos uma experiência de alfabetização, de relação com os livros, para que ele a compare com aquela que ele próprio viveu, ocorrida bem mais recentemente.
O texto 2, parte de uma entrevista de Ziraldo, também fala da relação com os livros e oferecevárias
possibilidades de discussão. Gostar de ler é uma vocação? Ler é mais importante que estudar? Quais as
diferenças entre ler e estudar? O que devemos ler?
A essência do que se pretende no Pensando bem desse capítulo está no pequeno texto que introduz a
questão 3 e no último parágrafo da mesma questão. Leitura é processo, e a produção de sentidos se dá na interação texto/sujeitos.Nesse capítulo, é fundamental que os alunos compreendam que vivemos entre textos e que um texto
é bem mais que um amontoado de palavras. É, ainda, muito importante que eles descubram que há vários gêneros textuais e que há vários modos de leitura.
Os alunos devem observar, mais sistematicamente, os textos que os cercam.
É necessário que os alunos compreendam que todo texto, falado ouescrito, supõe uma interlocução
entre quem o produz e quem o interpreta. Interpretar um texto implica uma postura ativa de quem lê e uma percepção do texto na situação comunicativa: Quem o escreveu? Com que objetivo? Em que portador aparece? Que tipo de leitor está previsto pelo texto?
Ler não é uma tarefa desagradável, um dever, uma exigência descabida de professores, mas um direito do cidadão,a oportunidade, talvez a mais importante, de crescer, de compreender o mundo, de se libertar dos preconceitos, da submissão aos ditames da moda.
A leitura é, daquilo que se aprende na escola, a atividade que fica para a vida toda. Gastar tempo com
o aprimoramento da leitura é ganhar tempo.
Procuramos apresentar textos que exijam um pouco mais dos alunos, para que eles possam crescercomo leitores; procuramos apresentar questões sobre o texto que exijam que os alunos pensem e não apenas copiem as respostas dos próprios textos.
Textos e leituras
Conversando
O ensinamento não, mas a aprendizagem parece começar sempre por perguntas. É o que propomos
no Conversando: várias perguntas para estimular a reflexão do aluno sobre temas relacionados com a
leitura/escrita e oexercício da cidadania. Quais são as dificuldades de quem não sabe ler nem escrever
numa sociedade como a nossa? O analfabetismo é um obstáculo para o desenvolvimento social? É possível ser um cidadão pleno sem ser alfabetizado?
Partindo do texto
Há uma grande variedade de textos neste capítulo. São vários os gêneros textuais presentes: reportagem, comentário de entrevista, artigo de opinião,...
tracking img