Politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1524 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Política Brasileira (1930 – 1990)


No século XX, o Brasil presenciou em décadas diferentes momentos conturbados na economia, no social e na política, com regimes de ditadura. O primeiro regime de ditadura ainda foi na primeira metade do século, ou seja, de 1930 a 1945, com o governo de Getulio Vargas. Em 1946 o general Eurico Gaspar Dutra é eleito presidente da república brasileira. E entreas medidas de seu governo é a Constituinte de 1946 que restabelece a democracia. Em 1951, novamente Getulio Vargas é presidente do país, mas agora por pouco tempo, já que em 1954 o mesmo (presidente) se suicida em virtude de pressões políticas.
O governo de Juscelino Kubitschek ficou marcado por uma política desenvolvimentista, cujo, lema cinqüenta anos em cinco. O objetivo do presidente erafermentar o desenvolvimento industrial por meio do Plano Metas, um conjunto de medidas, governamentais criadas para viabilizar investimentos, especialmente estrangeiros e assim dezenas de empresas multinacionais instalaram-se no Brasil. A política econômica de JK e as obras fizeram a inflação e a divida externa aumentarem, provocando descontentamento em relação ao governo.
A partir da década de1960 os brasileiros testemunharam momentos conturbados nos aspetos políticos, econômicos e sociais. Nas eleições de 1960, Jânio Quadros ganhou as eleições presidenciáveis, mas, seu governo é marcado por atitudes contraditórias, como a condecoração de Che Guevara, além disso, a aproximou-se dos países comunistas com a finalidade de estreitar as relações comerciais (veja a charge ). Com suasatitudes as conseqüências foram à ausência do apoio político e ousado renunciou o cargo imaginando que o congresso não acertaria, mas, para sua surpresa o congresso aceitou e impôs o sistema parlamentarista na tentativa de inibir o poder do novo presidente.
Dessa maneira, o novo presidente, João Goulart convocou um plebiscito para escolher se o povo queria parlamentarismo ou presidencialismo e comvantagem venceu o presidencialismo. Além do plebiscito, João Goulart decretou monopólio de importação de petróleo, estabeleceu controle sobre os lucros exportados pela as multinacionais, desapropriação de terras para a reforma agrária. Com essas medidas desagradou setores conservadores e provavelmente isto contribuir para o golpe militar.
Em março de 1964 os militares dão o golpe e na pessoa dogeneral Humberto Castelo Branco assume a presidência do país, dando inicio a implantação de repressões aos cidadãos brasileiros. Tanto Castelo Branco como os militares conseguintes legitimam suas atrocidades e autoridade por intermédio dos Atos Institucionais.
O primeiro ato institucional é ainda em 1964 e estabelece a cassação de parlamentares tidos como inimigos do regime implantado, oafastamento de funcionários públicos e eleições indiretas para presidenciáveis da Republica. Houve outros atos institucionais no decorrer do regime ditatorial. No ato de 1965 extingue os treze partidos existentes e implanta o bipartidarismo: ARENA (Aliança Renovadora Nacional) e o MDB (Movimento Democrático Brasileiro).
Dentre os diversos atos institucionais o mais severo é o AI – 5 de 1968, cujo, dáamplo poder aos militares, já que o presidente governa sem as intervenções dos poderes legislativos e judiciários, fecham o congresso nacional, decretar intervenções nos Estados, os instrumentos de coerção para com a sociedade civil ficam cada vez mais atenuado e “pesado”. Com o AI – 5 de 1968 até aproximadamente 1978 é considerado por alguns pesquisadores como o período mais sombrio da ditaduramilitar.
E, apesar de todos os mecanismos de repressão com os brasileiros, alguns foram para o exílio “voluntariamente” ou forçadamente, outros foram perseguidos, torturados e mortos, mas, mesmo assim havia manifestações de alguns segmentos da sociedade seja através de passeatas, comícios ou das manifestações culturais como a musica, cuja, rogava por liberdade de expressão.
As manifestações...
tracking img