Pluralismo metodologico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1159 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pluralismo Metodológico: Falso Caminho.

* Resenha Critica

Segundo o texto de Ivo Tonet, pode-se analisar que a sociedade vive momentos de insatisfação e perplexidade diante das mudanças nela ocorrida. A mesma vem se modificando a cada segundo, trazendo novas questões a serem respondidas. De umas décadas pra cá, pode-se observar que as ciências sociais junto com os estudos doscientistas, já não respondem mais a tais especulações que a sociedade vem a se questionar. Essas certezas que eram dadas pelos cientistas já não valem mais como antes, pois, à medida que os problemas sociais vão se agravando tais fundamentações são ineficientes para reponde-las. Portanto, é neste pensamento de avanço, que é necessário averiguar novas fragmentações e elaborar novas sugestões metodológicaspara assim, testá-las e juntar umas com as outras para que desse modo ampliem suas formas metodológicas explicativas.
Contudo, é a partir da crise das ciências social – isto sendo, quando o positivismo não responde mais a tais questões da sociedade – No qual, a teoria abordada não estava convencendo mais. Logo, os cientistas foram em busca de novos métodos para explicar a realidade social, assimencontrando o Pluralismo Metodológico.
Às vezes tal método é compreendido como um ecletismo, pois, nele é possível que se tome a ideia de vários autores e as una de forma a conseguir a cabimento do pensador, uma nova fonte de entendimento. Porém, nem todos ou autores conseguem chegar a um ecletismo de alto nível, alguns não obtêm consenso, assim não conseguindo englobar as idéias e paradigmasdiferentes numa só tese. Assim, não chegando a uma compatibilidade de idéias ou a uma conclusão. Todavia, o pluralismo metodológico não vem a ser nem eclético nem dogmático nem tão pouco relativista, ele apenas deseja chegar à verdade.
Contudo, é contraditório não ser denominado a um desses termos, quando se para exista , é necessário fundamentar-se em outras idéias. Tal problemática pode serresolvida com o entendimento de que o objetivo do Pluralismo metodológico é que se chegue à verdade, não importando quantas teses se tenha para respondê-la, no entanto é essencial que se tenha coerência na junção das mesmas, e que ambas ao se unirem cheguem a uma concordância. Um dos argumentos que se baseia a proposta do pluralismo metodológico é o de caráter ontológico, no qual se diz que o mundo naatualidade é o oposto do mundo no século XIX e o inicio do XX, de modo que a forma de definir as coisas era muito mais simples. Nos dias atuais o mundo é muito mais complexo e dinâmico, e a partir dessas mudanças surgiram novos grupos sociais fazendo com que suas próprias classes perdessem sua homogeneidade. Nos primeiros momentos o mundo podia ser considerado como totalidade conjunta das partes queo compunham, independentemente de que essas articulações fossem criadas de forma organicista ou dialética, hoje em dia isso não mantém firme.
A dificuldade atingiu tal instancia que as transformações foram brutalmente intensas, tantas coisas novas surgiram, tantos elementos se diversificaram que nem o sentido ontológico do trabalho ser o fundamento do ser social permaneceu. Hoje a sociedade épensada como uma pluralidade de dimensões, logo, pode-se dizer que o materialismo histórico dialético não é mais eficaz para responder as questões da sociedade, logo a mesma vem a ter uma busca incessante de melhorias para a vida dos seres. Segundo Marx, esses problemas (não são problemas isolados) estes fazem parte de uma totalidade, ou seja, é uma teia onde todos estes problemas estãointerligados. No qual, estes são sustentados pela forma de exploração do capital. Contudo, cada problema é uma condição de existência do outro e todos fazem parte do modo de produção capitalista. Em suma, os problemas sociais estão interligados e um depende do outro para existir. Marx, diz que a história é uma totalidade articulada.
Com bases no Empirismo, a afirmação sobre as grandes transformações...
tracking img