Plano de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1543 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO

ROSECLAY PRADO SCORCI








O papel do interprete de libras: em sala de aula




SÃO PAULO
2012
UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO

ROSECLAY PRADO SCORCI





O papel do interprete de libras: em sala de aula






Projeto de pesquisa apresentado à Universidade Nove de Julho, Sob orientação da professoraNádia Giaretta, como requisito parcial para a conclusão do curso de Pedagogia.













SÃO PAULO
2012
SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO .............................................................................. 04

JUSTIFICATIVA ................................................................................. 05

PROBLEMATIZAÇÃO........................................................................ 06

OBJETIVOS ........................................................................................ 07

HIPÓTESE .......................................................................................... 08

METODOLOGIA ................................................................................. 09

REFERENCIAL TEÓRICO................................................................. 10

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS .................................................. 12

APRESENTAÇÃO

Ao observarmos a educação de surdos no Brasil percebemos que a lei existe, mas quanto à realidade é bem diferente uma vez que não encontramos interpretes nas escolas públicas ou privadas.
A inclusão do surdo na escola deve ser pensada, incluir nãosignifica dispor de vaga ou a permanência dentro da escola, o educador deve estar preparado para receber este aluno de forma que consiga ensina-lo o professor ouvinte sem o interprete não conseguirá ensinar uma sala lotada e ainda se dedicar ao aluno surdo.
Como proceder quando o próprio surdo não conhece libras, qual o beneficia este aluno teria com a presença do interprete uma vez que o interpreteé o elo entre o surdo e a cultura escolar isso nos mostra que a lei ainda tem barreiras muito grandes para ultrapassar, pois a sociedade foi criada de forma que existe uma supervalorização da linguagem escrita.

JUSTIFICATIVA

Este trabalho pretende colaborar para o entendimento do verdadeiro papel de um interprete em sala de aula, apresentando relatos da prática de um interprete e o que estese. Enfocará alguns aspectos da atual realidade que vivemos na educação, principalmente na cidade de São Paulo e a historicidade que envolve esse nível, desde a sua aceitação como prática pedagógica e reconhecimento pelos órgãos municipais e federais e a construção da carreira docente.
Buscaremos entender a função de um interprete e como o seu trabalho é desenvolvido dentro da sala de aula,motivos e as consequências que levem a necessidade de um interprete dentro de sala de aula.

PROBLEMATIZAÇÃO

Temos como objetivo o de compreender as consequências trazidas pelo interprete, bem como as problematizações apresentadas por este dentro da sua prática e suas relações, pois é através de pesquisas que tentaremos melhor compreender o papel deste profissional em sala de aula, destes emaspectos como:
* Qual a necessidade de um interprete em sala de aula?
* Qual o papel do interprete?
* Conseguem apropriar-se dos saberes necessários para o desenvolvimento das atividades?
* Sua interpretação é fiel à aula desenvolvida pelo professor?
* As relações com os pais, alunos, corpo docente e a comunidade escolar com o interprete.

OBJETIVOS

A partir da descrição adescrição a referente pesquisa trás os seguintes objetivos:

OBJETIVO GERAL:
* Compreender a necessidade do intérprete em sala de aula e o porquê este profissional não existe na maioria das escolas.

OBJETIVOS ESPECIFICOS:
* Entender as relações entre interprete e professor e entre aluno e interprete.
* Entender como a sociedade encara o interprete, e se conhece a lei, como...
tracking img