Planejamneto estrategico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6323 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CAPA











IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: ESTUDO DE CASO NA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DA POLÍCIA FEDERAL RO/AC.


CONTRACAPA











IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: ESTUDO DE CASO NA SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DA POLÍCIA FEDERAL RO/AC.


SUMÁRIO


1.INTRODUÇÃO 3
2. JUSTIFICATIVA 4
3. PROBLEMAS 5
4. HIPÓTESES 6
5. OBJETIVOS 7
5.1 OBJETIVO GERAL 7
5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS 7
6. REFERENCIAL TEÓRICO 8
6.1 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ESTRATÉGICA 8
6.2 O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 12
6.3 CONTRIBUIÇÕES DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 17
7. METODOLOGIA 19
7.1 MÉTODO DE PESQUISA 19
7.2 COLETA DE DADOS 22
7.3 POPULAÇÃOESTUDADA 22
8. CRONOGRAMA 23
9. RECURSOS 24
10. REFERÊNCIAS 24


1.
2. INTRODUÇÃO


A integração das sociedades e até mesmos de valores e ideologias deram hoje, novo significado para as fronteiras geográficas mundiais e têm afetado a todas as instituições com as várias implicações sociais, econômicas, políticas e tecnológicas.
Esse processo que de um lado encolhedistâncias físicas e de outro, transforma o mundo em uma grande aldeia global tem um alto custo social. A geração, disseminação e o fluxo de informação oriunda da sociedade globalizada e informatizada determinam e até mesmo mudam o destino de sociedades organizadas e das instituições das mais diversas naturezas e passaram a determinar a sobrevivência ou não das sociedades e organizações.
Parasobreviver a essa imensidão de contradições da nova ordem social o planejamento, se torna tarefa obrigatória e passa a ser um desafio comum enfrentado por todas as organizações que pretendem permanecer atuantes (BENTO; ANTUNES, 2006), prestando serviços de qualidade, adequando-se às novas exigências de um mercado, que está cada vez mais competitivo.
As exigências dessa sociedade cadavez mais dinâmica e competitiva têm inquietado os gestores que buscam no planejamento uma alternativa para superar as barreiras e descobrir caminhos para adequar-se à nova ordem social (CIANCONI, 2001).
A necessidade de atender as expectativas de uma sociedade cada vez mais ciosa de informação filtrada, precisa, relevante e atualizada faz das unidades de informação, centros de informação ebibliotecas, reféns vulneráveis dos avanços tecnológicos, do fluxo da geração da informação, da velocidade, etc.

A implantação de um programa de planejamento na administração pública não difere em sua essência de qualquer outro programa que venha ser aplicado em outras organizações, várias etapas são necessárias a fim de que se alcance os resultados esperados.


3. JUSTIFICATIVA


Arealidade brasileira vem sofrendo intensas e frequentes transformações, oriundas da globalização na esfera política, econômica, social, cultural e científico-tecnológica, com reflexos diretos em todas as organizações, sejam elas governamentais, empresariais ou sem fins lucrativos. Diante do contexto de mudanças constantes em que se vive, as organizações necessitam estar atentas aos cenários doambiente, considerando as condições internas e externas à empresa; esta atitude pode representar a sustentabilidade, manutenção, crescimento ou desenvolvimento organizacional presente e futuro.
O planejamento estratégico é considerado indispensável em um cenário global, marcado por mudanças e por um ambiente incerto, imprevisível e turbulento. É um processo gerencial que determina e revela opropósito organizacional, englobando aspectos intuitivos e estruturados, permitindo estabelecer um direcionamento a ser seguido, com o objetivo de otimizar recursos disponíveis e visando a busca de resultados positivos.
Independentemente de porte, segmento de mercado, tempo de existência, atuação na iniciativa privada, área pública ou ser uma Organização Não-Governamental (ONG), todas as empresas...
tracking img