Planejamento de transportes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1086 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
ESCOLA DE ENGENHARIA
PLANEJAMENTO DE TRANSPORTES URBANOS E REGIONAIS








Condições do Transporte Urbano em Municípios Brasileiros





Autores:Bernardo Santiago
Marina Silva




Professor:Dimas Alberto




Maio/2012

INTRODUÇÃO



Acidentes de trânsito constituem um sério problema do mundo atual, tanto para os países desenvolvidos quanto para aqueles em desenvolvimento.

O Brasil é reconhecido como um dos recordistas mundiais de acidentes de trânsito. Oproblema se revela não apenas pelo número absoluto de acidentes, mas também pela alta incidência de acidentes por pessoa ou por veículo em circulação, que se reflete em índices que demonstram a real periculosidade do trânsito no país.
As estatísticas oficiais do Departamento Nacional de Trânsito do Ministério das Cidades – DENATRAN, que consideram as mortes ocorridas no local do acidente,registram mais de 20 mil mortos por ano e centenas de milhares de feridos; as do Ministério da Saúde, que incorporam dados do sistema de saúde, indicam a ocorrência de cerca de 30 mil mortos em decorrência dos acidentes de trânsito. Se considerarmos que muitas ocorrências fatais não são anotadas ou não são registradas como ligadas ao trânsito, esse número pode ser maior ainda.
Do ponto de vista daspolíticas públicas, o aspecto mais relevante é que as perdas individuais, sociais e econômicas são elevadíssimas, constituindo alto preço para a sociedade. Já do ponto de vista estratégico, essas perdas não podem continuar no nível em que se encontram, devendo ser feito um grande esforço para reduzi-las no curto prazo.



Objetivo



O objetivo do estudo aqui apresentado é o dequantificar mais precisamente o número de acidentes de transito e quais são os custos relacionados a eles para municípios com até 700 mil habitantes e para municípios com mais de 700 mil habitantes. Dada à complexidade do fenômeno e a sua abrangência espacial, o estudo necessariamente priorizou aspectos mais claramente identificáveis do problema e baseou-se em dados coletados em algumas cidades einstituições de trânsito que têm tradição em suas análises.


Metodologia



Os acidentes de trânsito objeto dessa pesquisa são aqueles que ocorrem nas vias urbanas situados no território das aglomerações urbanas brasileiras. Não são considerados os acidentes ferroviários, aeroviários e aquaviários, bem como os rodoviários ocorridos fora do perímetro urbano.

A pesquisa foifeita através de sites que possuem dados de pesquisa com grande confiabilidade, como Detran, Denatran, entre outros.


Desenvolvimento



As tabelas 1 e 2 a seguir, relatam a Série Histórica dos indicadores de segurança e acidentes de transito com vítimas em Belo Horizonte nos anos 1991 a 2005 respectivamente.

[pic]
Figura 1: Série Histórica de Indicadores de Segurança de Trânsito emBelo Horizonte - 1991 a 2005
FONTE: BHTRANS/DETRAN-MG
* VÍTIMAS QUE MORRERAM NO LOCAL DO ACIDENTE.

[pic]
Figura 2: Acidentes de Trânsito com vítimas em Belo Horizonte - 1991 a 2005
FONTE: BHTRANS/DETRAN-MG
* VÍTIMAS QUE MORRERAM NO LOCAL DO ACIDENTE.


Uma tabela com dados mais atuais, porém não tão completa se comparada às de cima, revela um crescimento no número de vítimas fatais no...
tracking img