O conflito do crack na sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1782 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO SERVIÇO SOCIAL DAIANA SOARES RAMOS

O CONFLITO DO CRACK NA SOCIEDADE

Macaé - RJ 2012

DAIANA SOARES RAMOS

O CONFLITO DO CRACK NA SOCIEDADE

Trabalho apresentado ao Curso de Serviço Social da Universidade Norte do Paraná – UNOPAR.

Professoares: Lisnéia Rampazzo Giane Albiazzetti Gleiton Lima Rosane Malvezzi

Macaé-RJ 2012

SUMÁRIORESUMO.............................................................................................................. 04 INTRODUÇÃO ..................................................................................................... 05 A CHEGADA DO CRACK NO BRASIL ................................................................ 06 A DEPENDÊNCIA QUÍMICA E OS EFEITOS DO CRACK.................................. 06 A SOCIEDADE EM MEIO A LUTA CONTRA O CRACK...................................... 07 A CONTRIBUIÇÃO DO ASSISTENTE SOCIAL NO COMBATE AO CRACK ...... 08 CONCLUSÃO....................................................................................................... 10 REFERÊNCIAS .................................................................................................... 11

3 RESUMO

A perspectiva deste trabalho é explorar as questões sociais, a trajetória de como chegou ao Brasil e quais os malefícios que a droga causa no organismo entre outras questões. Tem por objetivo também pesquisar o papel do assistente social inserido nas comunidades em geral, buscando uma forma de ajudar a enfrentar e até mesmo combater o crack. Mesmo sabendo que a luta não é somente doassistente social, mas de um grupo de profissionais ligados à saúde, a educação envolvendo políticas públicas e até mesmo privadas, o mesmo deve ter a consciência de saber como encarar as situações vivenciadas, despertando no indivíduo a vontade de transformação da autoestima e aguçando o saber, pois com o conhecimento, todos podem lutar pelos seus direitos como cidadãos.

4

INTRODUÇÃO

Desdeo início da década de 1990, o crack chegou ao Brasil, onde seu consumo de alastrou no País rapidamente, por ser uma droga de custo mais baixo. Hoje a droga está presente nos principais centros urbanos do País, ocupando cada vez mais espaços na mídia, nas políticas públicas, e na sociedade em geral. O avanço do consumo coloca em questão de discussão principalmente do campo da saúde pública, pois adroga destrói o ser humano, tanto fisicamente quanto mentalmente. A sociedade acarreta uma série de malefícios causados pelo crack, uma vez que os fatos criminosos estão por todas as partes do país e do mundo, pois ocorre consequências desagradáveis na área policial, educacional, saúde, social e familiar. A droga mata sonhos de famílias inteiras e acaba com futuros promissores aumentando ainda acriminalidade em todo canto que se instala. O assistente social deve ter a consciência da gravidade que o crack causou em nosso país, buscando medidas efetivas para solucionar os problemas causados pela droga. É muito importante que o assistente social se preocupe com vidas cumprindo um critério essencial que é o atendimento das necessidades básicas do indivíduo envolvido no crack, assim como suafamília.

5

A CHEGADA DO CRACK NO BRASIL

O crack surgiu na década de 1980 nos Estados Unidos nos bairros mais pobres, devido seu custo ser baixo e teve por antecedência o papel político que as drogas desempenharam nas décadas de 1960 a 70. Os primeiros relatos sobre o uso do crack no Brasil surgiu em 1989 entre crianças que viviam nas ruas do centro de São Paulo. A droga é uma mistura dacocaína com bicarbonato de sódio, é considero como uma das drogas mais fortes, pois além de manter o organismo no ritmo acelerado, também tem altos poderes viciantes. Dois anos depois, em 1991, houve a primeira apreensão da droga, que avançou rapidamente: de 204 registros de apreensões em 1993 para 1.906 casos em 1995. Após 20 anos do começo da epidemia em São Paulo o crack migrou para os demais...
tracking img