Pitagoras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2553 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PITÁGORAS



“A Música das Esferas”






































Introdução



O Que conhecemos hoje sobre a vida e obra de Pitágoras vem dos poucos manuscritos que sobreviveram ao grande incêndio da escola de Krotona, diz se que até mesmo o grande mestre Platão havia comprado um de seus textos originais, porém oMestre Sâmio,como também é chamado,nada deixou por escrito,e todas as suas teorias,que datam aproximadamente de 200 anos após a sua morte,onde falam o seu pensamento e a sua filosofia foram divulgados por seus discípulos e seguidores,até mesmo os famosos “Versos Pitagóricos” são atribuídos não a ele,mas Lysis de Tarento,que segundo os historiadores foi um de seus seguidores mais imediatos.A Influência de Pitágoras estendeu-se por toda a Idade Média e chegou à Renascença com as obras de Marcílio Ficino,entre outros,e permeou todas as ordens iniciáticas do mundo ocidental como os Templários,Rosa cruzes e Maçons,que aprofundaram muitos de seus temas, como a música das esferas,e a Harmonia do Cosmos.

O objetivo deste trabalho é ilustrar algumas questões sobre opensamento Pitagórico,sua importância e sua influência na música,não meramente teórica,sobre a divisão dos tons e ,mas sua ligação com a realidade mistérica,sua influência na psique do homem, capaz de curar suas enfermidades e apaziguar sua alma, essa música que ouvimos, que nada mais é do que um leve reflexo do que esta velado.O Universo todo é vibração,toda a criação é o resultado da palavracriadora ecoada pela divindade.


Quem foi PITÁGORAS

Pitágoras foi um grande filósofo grego, responsável por grandes desenvolvimentos na Matemática, Astronomia e na teoria da música.
Nasceu em Samos situada a poucos quilômetros do mar Egeu, Samos foi na antiguidade o berço de poetas e músicos,viveu cerca de 560 a.C.  e morreu em Metaponto entre cerca de 497 a.C. ou 496 a.C.filho de Minesarkus e Pítias ,que assim como os demais integrantes da Aristocracia local cultuavam as tradições Órficas e celebravam a Luz em todas as suas manifestações na natureza.
Seu nome significa altar da Pítia ou o que foi anunciado pela Pítia, pois sua mãe ao consultar a pitonisa soube que a criança seria um ser excepcional. Diz se que Pitágoras foi iniciado na “Luz de Orfeu”participando dos rituais sagrados, e aprendendo a cultuar os deuses na sua mais excelsa manifestação.

A Sabedoria logo iluminou a mente de Pitágoras que desde muito cedo se mostrou diferente dos demais de sua época, respeitado pelos professores e companheiros. Ele também extraía da lira os mais maravilhosos acordes, declamava de cor inúmeras passagens da Ilíada e da Odisséia e conhecia na íntegraas obras de Homero.

Pitágoras nasceu e viveu sob o governo de Polycrates,o tirano que governou a ilha de Samos,e por muito tempo transformou a ilha em um grande centro de cultura e arte,porém, a atividade artística incentivada sem uma firme Moral e ética acabou por transformar-se em luxúria e sensualidade.

Assim, Pitágoras que vivia sob rígidos princípios de ética e moral, nãovia com bons olhos tal situação. Ele acreditava que o homem deveria viver em perfeita harmonia com a natureza, com seus semelhantes e com Deus,entregando-se a vida com moderação,pois, para ele todos os excessos eram condenáveis,até mesmo a virtude em demasia seria um vício.

Não satisfeito com tal situação, entre as poucas versões históricas que possuímos sabemos que ele foi ao Egito e ocontato com os mistérios lhe abriu novas portas para a percepção da realidade.

Lá fora iniciado nos mistérios e atingiu o grau máximo no sacerdócio de Hermes.Conta-se que ele também aprendeu os mistério dos caldeus e da índia,e voltou após aproximadamente 20 ou 30 anos.

Sobre o seu perfil sabemos que era de porte nobre e atlético, praticava esportes, sabia falar e sabia ouvir,...
tracking img