Peter zumthor - arquiteto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2120 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A VIDA:
Matéria, luz e espaço: são as três palavras que descrevem muito bem a arquitetura quando vista sob o enfoque da produção arquitetônica de Peter Zumthor. Nascido em uma família de carpinteiros no ano de 1943 na Suíça; cursou Arquitetura e Design da Pratt Institute, em Nova York e, suas raízes se apresentaram fortes em seu método projetual desde a época de estudos, o que lhe rendeu tamanhocuidado com os detalhes e acabamentos envolvendo os materiais de suas obras. Com um currículo que mistura a prática projetual e carreira acadêmica, Peter Zumthor em 1968 ingressa no Departamento de Manutenção e Preservação de Monumentos do Cantão de Graubüngen, na Suíça; e assim, iniciam-se suas pesquisas em técnicas construtivas e novos materiais aplicáveis não somente em patrimônio histórico,mas também em novos edifícios.
Já em 1978, leciona na Universidade de Zurique , na Southern California Institute of Architecture, Technische Universität de Munique e Academia de Arquitectura de Mendrisio para em 1979 iniciar carreira autônoma e só em 1985 inaugurar seu próprio ateliê. No projeto de seu ateliê, Peter Zumthor apresentou ao mundo uma arquitetura que priorizava o uso de materiais emsua forma bruta, em seu estado natural, buscando assim não apenas a integração do edifício com a paisagem natural e a valorização do vernacular, do local e da história, mas também uma arquitetura sensorialista que explorava os sentidos humanos não apenas no aspecto visual, mas tátil, visual… a arquitetura contemporânea em sua mais pura essência, contudo, afirmando veemente sua oposição aodesperdício de materiais e formas, deixando que a arquitetura fale por si só.
Em 1987, Peter Zumthor projetou o ‘Shelter for Ruims’ (Abrigo para ruínas) em Chur e assim, já era possível observar a constante busca do arquiteto pela completa integração dos espaços exteriores com os interiores, sem privar o último da vida e dinâmica que o exterior domina. Ao utilizar ripas de madeira, foi elaborada umavedação que permite a vista das ruínas por parte de quem está fora, e, quem estiver dentro consegue ver o movimento das vias de circulação. Outro aspecto importante é que com a solução apresentada, Peter Zumthor permitiu a ventilação permanente do espaço (ainda que barrando os ventos mais fortes) e uma maior inércia térmica (por conta da escolha de materiais).
1997 - Kunsthaus Bregenz Museum - PrêmioMies Van der Rohe, dez anos após o abrigo, foi finalizado o projeto do Kunsthaus Bregenz Museum na Áustria, de extrema singularidade formal, que lhe rendeu o Mies van der Rohe Award for European Architecture. Se ‘Menos, é mais”, Peter Zumthor consegue prová-lo ao projetar um edifício enteiramente em betão e vidro que acaba por si só, tornando-se objeto de contemplação, explorando o efeito da luz, ouausência de luz, no espaço interior enquanto envolve a arte alí exposta.
Por fim, aos 65 anos de idade, em 2009, a organização do Prietzker reconheceu o conjunto de sua obra como “focado, sem compromissos e excepcionalmente determinado(…) de uma presença forte e atemporal”, afirmando ainda Peter Zumthor como dono de ”(…) um talento raro, de combinar o pensamento claro e rigoroso com uma dimensãoverdadeiramente poética, resultando em obras que nunca deixam de inspirar”.

É importante notar que sua produção arquitetônica não se pautou apenas em seu contínuo aprendizado prático oriúndo de sua carreira profissional, mas se firmou e concretizou com base no constante exercício de seu olhar sobre o espaço, a arquitetura e a cidade / entorno, exercício este que já Boudelaire no século XIXindicava como sendo o caminho para a compreensão da essência da vida urbana; e, é em seu livro, publicado em 1998 com o objetivo de esclarecer sua visão da arquitetura e seu modo projetual, que notamos a preocupação do arquiteto em produzir edifícios que atendam as realidades do contexto em que se inserem.
A OBRA:
Assim, dentro dos aspectos levantados, tem-se um dos edifícios considerados como...
tracking img