Personalidades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 42 (10370 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Subjetividade, individualidade, personalidade
e identidade: concepções a partir da
psicologia histórico-cultural*
Flávia Gonçalves da Silva
Na psicologia, termos como subjetividade, individualidade, personalidade
e identidade são comumente usados seja para se referir ao objeto de estudo dessa
ciência, seja para designar processos e/ou resultados que compõem ou auxiliam
na compreensão doobjeto da ciência psicológica.
Na psicologia histórico-cultural (para alguns a psicologia sócio-histórica),
que tem em seus fundamentos teórico-metodológicos as produções de Vigotski,
Leontiev, Luria e outros autores soviéticos, o objeto de estudo é a consciência,
mas, para compreendê-la, é necessário considerar os processos que a constituem
e fazem com que seja constituída. Entre estes estão asubjetividade, a individualidade, a personalidade e a identidade.
Nas produções de autores brasileiros, que buscam na psicologia históricocultural seus fundamentos, muitas vezes esses termos são utilizados como sinônimos ou são descartados um em detrimento de outro sob a justificativa que um
termo retrata melhor a historicidade e a dinamicidade do psiquismo que outro.
Mas, afinal, o que vem aser subjetividade, individualidade, personalidade
e identidade? São palavras diferentes que designam a mesma coisa? Ou são
palavras diferentes para processos diferentes?
Para responder parcialmente a essas questões, buscaram-se fundamentos
teóricos em Vigotski e Leontiev, que são os autores soviéticos mais conhecidos
e estudados no Brasil (assim como Luria) e que usualmente referendam asproduções brasileiras da vertente histórico-cultural.
* Texto extraído parcialmente da tese de doutoramento, defendida no Programa de Estudos PósGraduados da PUC-SP com financiamento do CNPq e CAPES.
,

Psic. da Ed., São Paulo, 28, 1º sem. de 2009, pp. 169-195

Muitos psicólogos utilizam atualmente o termo subjetividade, mesmo
aqueles que buscam os pressupostos teórico-metodológicos napsicologia histórico-cultural, com as mais diferentes definições, sem um consenso sobre o que
se entende, de fato, por ela.
Geralmente, subjetividade é entendida como aquilo que diz respeito ao
indivíduo, ao psiquismo ou a sua formação, ou seja, algo que é interno, numa
relação dialética com a objetividade, que se refere ao que é externo. É compreendida como processo e resultado, algo que é amplo eque constitui a singularidade de cada pessoa. A ideia de que a subjetividade é algo, mas sem definir
claramente o que vem a ser esse algo, é bastante recorrente, como podemos
verificar na citação abaixo:
O fenômeno psicológico deve ser entendido como construção no nível individual
do mundo simbólico que é social. O fenômeno deve ser visto como subjetividade,
concebida como algo que seconstituiu na relação com o mundo material e social,
mundo este que só existe pela atividade humana. Subjetividade e objetividade se
constituem uma à outra sem se confundirem (Bock, 2004, p. 6)

Gonzalez Rey (2005) afirma que a subjetividade é a categoria-chave para
a compreensão do psiquismo, definindo-a como “um sistema complexo capaz
de expressar através dos sentidos subjetivos a diversidade deaspectos objetivos
da vida social que concorrem em sua formação” (p. 19). Em outro texto, o autor
afirma:
A subjetividade representa um macroconceito orientado à compreensão da psique
como sistema complexo, que de forma simultânea se apresenta como processo
e como organização. O macroconceito representa realidades que aparecem de
múltiplas formas, que em suas próprias dinâmicas modificam suaautorganização,
o que conduz de forma permanente a uma tensão entre os processos gerados
pelo sistema e suas formas de autorganização, as quais estão comprometidas de
forma permanente com todos os processos do sistema. A subjetividade coloca a
definição da psique num nível histórico-cultural, no qual as funções psíquicas
são entendidas como processos permanentes de significação e sentidos....
tracking img