Perio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1571 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
APRESENTAÇÃO DE UM CASO CLÍNICO

JOSÉ AUGUSTO DE REZENDE *

Resumo
É apresentado neste trabalho um tratamento de uma extensa lesão periodontal que levou a necrose pulpar, causando um inter-relacionamento endo-pério. É apresentada a técnica de tratamento, passo a passo, bem como os materiais odontológicos, substâncias químicas e medicamentos que foram usados.

Descritores
Lesãoendodôntica, lesão periodontal , inter-relacionamento endo-pério.

Um abscesso periapical pode drenar pelo sulco gengival através de uma fístula formando uma bolsa reversa, isto é, uma bolsa de origem endodôntica. A bolsa reversa origina de maneira oposta a bolsa periodontal comum, sendo que esta é o aprofundamento patológico do sulco gengival, está associada com placa bacteriana , inflamação e infecção einicia-se seguindo a direção coroa-ápice, e aquela é resultante da degeneração pulpar, inicia-se seguindo a direção ápice-coroa e é chamada de periodontite retrógrada.
Muitas alterações pulpares são produzidas por toxinas originadas de lesões periodontais. Essas toxinas poderão atingir o tecido pulpar através do canal principal ou canalículos laterais, encontrados ao longo da raiz, causandohiperemias, pulpites, necroses pulpares e, consequentemente, o aparecimento de abscessos , granulomas e cistos.
Na periodontite retrógrada sem envolvimento de doença periodontal o tratamento é unicamente endodôntico e a bolsa normalmente desaparece após a realização do tratamento endodôntico bem executado . Quando existe o inter-relacionamento endo-pério o tratamento é endodôntico e periodontal.Caso clínico
Paciente A. P., sexo masculino, cor branca, 69 anos, apresentou-se queixando-se de dor no 33.
Ao examinarmos o paciente constatamos que havia um abscesso periodontal com edema bastante acentuado na região do 33, que estava extruido e apresentava muita mobilidade. Foi realizado teste de vitalidade pulpar com Endo-Frost e constatada ausência de vitalidade, caracterizando uma necrosepulpar. A radiografia, já trazida pelo paciente, mostrava uma extensa destruição óssea atingindo a região periapical (Fig.1). O abscesso foi drenado e o 33 foi desgastado para eliminar o contato prematuro, que era muito acentuado.

Exame periodontal
Uma semana após foi realizado um completo exame periodontal. Várias bolsas foram constatadas, mas a região mais destruída era a do 33 que apresentavaas seguintes profundidades na sondagem c/ sonda milimetrada: mesial 8 mm, vestibular 3 mm, lingual 9 mm e distal 10 mm.

Tratamento periodontal
Inicialmente o paciente foi submetido a um controle de placa bacteriana e o índice de placa foi de 35% (O’Leary).
Após instruções de higiene e fisioterapia oral o índice caiu para 5%. O paciente passou por várias sessões de raspagem . O tratamento do 33foi realizado da seguinte maneira:
1- Pré medicação com amoxicilina 500 mg (Amoxil) e metronidazol (Flagyl 400 mg) para serem tomados juntos 1 hora antes da raspagem e posteriormente cada 8 horas por um período de 7 dias.
2- Raspagem rigorosa e aplainamento radicular com foice WS 14-15 e cureta Gracey 5-6, seguida de irrigação com água fenolada acorde técnica preconizada por Dotto Jr. e Dotto –7 gotas de fenol para 15 ml de água destilada, introduzida na bolsa com seringa Luer e agulha romba n.o 5.
Após uma semana, a gengiva do 33 estava com ótima coloração, não havia mais supuração e
os sinais de aderência epitelial eram bastante evidentes.

Tratamento endodôntico
a- Isolamento absoluto do 33 com dique de borracha e desinfecção com álcool iodado.
b- Acesso ao canal eodontometria. (Fig.2)
c- Preparo químico-mecânico usando-se como substâncias auxiliar o Endo PTC e hipoclorito de sódio a 1%. O preparo foi realizado com limas Flex-R e a última lima empregada foi a de número 40.
d- Irrigação final com Tergentol-Furacin.
e- Secagem do canal por aspiração e com cones de papel absorvente. Com auxílio de Lentulo, o canal foi preenchido com Hidróxido de Cálcio p.a....
tracking img