Abril

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2317 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRIA DE RONDONIA
COLONIZAÇÃO DA REGIAO DO MADEIRA/MAMORE
* Núcleos de povoamento iniciaram-se no madeira com missões religiosas.
* Destaca-se Padre João de Sampaio 1728. (fundou o povoado de Cachoeira de Santo Antônio).
* 1669/1672 Pe Manoel Pires e Pe Gazoni fundam a aldeia Tupinambarana na Foz do Madeira dando origem a localidade de Parintins.
* A região era ria em “drogasdo sertão” sobretudo o CACAU.
* Drogas do sertão, conhecida também como: especiarias da amazonia.
* (cravo, canela, cacau, urucum, plantas medicinais).
* Portugal resolve colonizar a região do Madeira, pois achava vantagem nas drogas do sertão.
* Francisco de Melo Palheta – organizou uma bandeira fluvial saindo do Pará e percorrendo todo o vale do Madeira (partiu de Belém11/11/1722).
* A bandeira fluvial de Francisco tinha como função, marcar presença na região e conter o avanço das missões Espanholas ao longo do Guaporé.
* Em 1734 os irmãos Arthur e Fernando Paes de Barros descobrem ouro no Vale do Guaporé.
* Em 1736 foi descoberto ouro no Mamoré.
* A descoberta atrai milhares de aventureiros para região.
* 1733/37 Portugal proíbe a navegação pelosrios guapore e madeira.
* A proibição era para evitar contrabandos.
* Isso leva a Portugal a criar a capitania do mato grosso.
* Dom antonio rolim de moura foi nomeado o primeiro governador da cap do mato Grosso.
* 1743 Jesuitas Espanhois fundam a missão santa rosa, as margens direitas do Guaporé.

SOCIEDADE COLONIAL
* O ouro era a força que impulsionava vida no vale do guapore.* O vale do Guaporé abrigou uma sociedade mercantilista e escravocrata.
* Brancos endividados e criminosos de outras regiões viriam a ser no vale do guapore a elite dos colonizadores.
* O perdão das dividas junto a justiça era a atração pra região, mesmo assim era escasso o numero de pessoas para o local.
* Eles passavam a ocupar os principais cargos.
* Assim crescia asociedade guaporeana.
* Os investidores: senhor de lavras, comerciantes ligado as rotas monçoneiras, agricultores, pecuaristas.
* O ouro entra em decadência a partir de 1770
* A sociedades guaporeana foi marcada por várias doenças: malária, maculo, febres catarrais, pneumonia, diarreias sanguinolentas, tuberculose, tifo, cólera.
POLITICAS DE COLONIZAÇÃO DO VALE DO GUAPORE
* Portugalresolve implantar um núcleo urbano/administrativo.
* Em 1748 pelo alvará Régio de 9 de maio a capitania do MT é desmembrada da cap de SP.
* Para dar inicio a uma politica de colonização o estado português determina a fundação de vila bela da santíssima trindade (rolim de moura).
* Vila bela era capital do MT, sede administrativa e era situada as margens do Guaporé (capital até 1820)
*Vila bela servia de controle sobre a produção do ouro e diamante.
* A presença colonial português inibe a expectativa de avanço dos vizinhos castelhanos.
COMERCIO E AS ROTAS FLUVIAIS
* O comercio era a principal fonte de abastecimento para o vale do Guaporé (per. Colonial).
* Existia a agricultura de subsistência e os demais produtos vinham de fora.
* Por terra vinham as rotassertanistas.
* Pelos rios vinham as rotas das monções. Escravos tecidos, utensílios domésticos, armas, munições, material para construção, gênero alimentício como: sal, açúcar, vinho, queijo, carne e muitos outros.
* Quanto mais ouro, mais ativas eram as rotas comerciais.
* D. Antonio Rolim de Moura abre rota para o norte – vila bela – belem.
* 1754 caminho oficial, rota do madeira(monção do norte).
* Igarapés = embarcações utilizadas no comercio monçoneiro para vila bela.
A CRISE E A DECADENCIA DO VALE DO GUAPORE
* Ao iniciar o séc XIX vila bela e todo o vale do guapore, mergulham em um profundo estado de decadência.
* FATORES: esgotamento das minas e região insalubre, região abandonada, extinção da comp de comercio grão pará e maranhão.
* Expulsão da...
tracking img