Pericia forense

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2125 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Forense Digital / Computacional
CIn – UFPE, 2007

Forense Computacional
• Agenda
– Introdução – Ciência Forense
• O que é Ciência Forense, O que NÃO É Ciência Forense

– Forense Digital / Computacional – Etapas de Investigação
• Coleta, Exame, Analise e Resultados

– Técnicas Forenses
• Ferramentas Forenses (etapas da investigação) • Técnicas Anti-Forense

– Conclusão Introdução
“A Forense Computacional pode ser definida como a ciência que estuda a aquisição, preservação, recuperação e análise de dados que estão em formato eletrônico e armazenados em algum tipo de mídia computacional.” computacional

Ciência Forense
• Diz-se da aplicação de campo científico específico à investigação de fatos relacionados a crimes e/ou contendas judiciais. • Ou simplesmente: Aaplicação da Ciência no Direito
The Forensic Science Society (http://www.forensic-science-society.org.uk)

Ciência Forense
• Archimedes (287-212 a.C.)
– Quantidade real de ouro da Coroa calculada pela teoria do peso específico dos corpos.

• Impressões digitais
– Utilizadas no século VII como comprovação de débito (a impressão digital do devedor era anexada à conta).

• Medicina eEntomologia
– Referidas no livro “Collected Cases of Injustice Rectified”, de Xi Yuan Ji Lu, em 1247.
• Foice e moscas, afogamento (pulmão e cartilagens do pescoço), entre outros.

Ciência Forense
• Século XX – A evolução da Ciência Forense
– Pesquisas que conduziram à identificação do tipo sanguíneo e a análise e interpretação do DNA; – Publicação dos principais estudos referentes à aplicação demétodos e técnicas utilizadas na investigação de crimes; The – Criado o “The Federal Bureau of Investigation (FBI)”, uma referência no que tange à investigação de crimes e a utilização de técnicas forenses em diversas áreas.

Ciência Forense
• Atualmente, existem peritos especializados em diversas áreas científicas, entre elas:
– Análise de documentos (documentoscopia); – Criminalística(Balística, Impressões digitais, substâncias controladas); – Antropologia (identificação de restos mortais, esqueletos) – Arqueologia; – Entomologia (insetos, verificação de data, hora e local); – Odontologia; – Computação (Forense Computacional ou Forense Digital); – E outras: Patologia, Psicologia, Toxicologia, Metrologia, ...

O que Ciência Forense Não é!

Forense Digital/Computacional
•Objetivo:
– Suprir as necessidades das instituições legais no que se refere à manipulação das novas formas de evidências eletrônicas. – Ela é a ciência que estuda a aquisição, preservação, recuperação e análise de dados que estão em formato eletrônico e armazenados em algum tipo de mídia computacional. – Através da utilização de métodos científicos e sistemáticos, para que essas informações passem aser caracterizadas como evidências e, posteriormente, como provas legais de fato.
“Forense Computacional: Aspectos Legais e Padronização”
(http://www.ppgia.pucpr.br/~maziero/pesquisa/ceseg/wseg01/14.pdf )

Forense Digital/Computacional
• É utilizada com fins:
– Legais
• ex.: investigação de casos de espionagem industrial, roubo de identidade, extorsão ou ameaças.

– Ações disciplinaresinternas
• ex.: uso indevido de recursos da instituição, ou eventos onde não se deseja chamar a atenção externa

Forense Digital/Computacional
• Ocorrências mais comuns:
– Calúnia, difamação e injúria via e-mail ou web – Roubo de informações confidenciais – Remoção de arquivos

• Outros crimes:
– Pedofilia – Fraudes – Auxílio ao tráfico de drogas e intorpecentes

Etapas dainvestigação
• Fases de um processo de investigação
Coleta
• Isolar a área • Coletar evidências • Garantir Integridade • Identificar Equipamentos • Embalar evidências • Etiquetar evidências • Cadeia de Custódia

Exame
• Identificar • Extrair • Filtrar • Documentar

Análise
• Identificar (pessoas, locais e eventos) • Correlacionar (pessoas, locais e eventos) • Reconstruir a cena • Documentar...
tracking img