Pequeno resumo sobre moda nos anos 50

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1656 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A moda dos anos 50 foi marcada pelo retorno da feminilidade ao guarda-roupa das mulheres. Apesar de tudo indicar que a moda seguiria um caminho contrário, devido à simplicidade e praticidade provocadas nos tempos de guerra - isso porque com a II Guerra Mundial, os homens foram para os campos de batalha e a necessidade dos países de manter a produção industrial ficou a cargo das mulheres destaforma, houve uma certa “brutalização” das roupas femininas – O “New Look” de Christian Dior tornou a mulher dos anos 50 superfeminina e glamurosa.






“Nós saímos de uma época de guerra,
de uniformes, de mulheres-soldados,
de ombros quadrados e estruturas de boxeador.
Eu desenho femmes-fleurs, de ombros doces,
bustos suaves, cinturas marcadase saias que explodem em volumes e camadas.
Quero construir meus vestidos,
moldá-las sobre as curvas do corpo.
A própria mulher definirá o contorno e o estilo.”


Christian Dior




O “New Look”-batizado assim, pela americana Carmel Snow, redatora darevista “Harper´s Bazaar”-tinha como objetivo, apagar as imagens dos duros tempos de guerra através de trajes luxuosos. Tal look foi lançado na década anterior, porém foi nos anos 50 que atingiu seu auge. Ele foi baseado nos modelos da década de 1860, e era basicamente composto, por saias amplas e meticulosamente forradas, quase até os tornozelos, cinturas bem marcadas, blusas estruturadas, ombrosnaturais, chapéus grandes e sapatos de salto alto.
O modelo que se tornou símbolo do “New Look” foi o “tailleur Bar” que consistia em um casaquinho de seda bege acinturado, ombros naturais e ampla saia preta plissada quase na altura dos tornozelos. O corpo da mulher então se torna mais curvilíneo, valorizando quadris e seios.
Além disso, os acessórios foram elementos fundamentais naindumentária feminina. As luvas, os chapéus, os lenços, a bijuteria, os sapatos e a carteira, deveriam combinar entre si, e acessórios como jóias e peles também foram muito usados. Tais elementos criaram um conjunto de estilo e bom gosto.
O colar (inicialmente de pérolas) era o acessório mais usado. Este depois foi dando lugar às carteiras e aos óculos (principalmente os de gatinha que surgem nofinal da década) que a partir dessa década aparecem frequentemente em acetato.
As saias formavam balão, as cintas deveriam ser finas, normalmente decoradas com um cinto. Os casacos deveriam ser curtos e ajustados, possuindo de um a três botões no máximo. Surgem linhas:
( “A” – caracteriza-se por Uma silhueta com ombros estreitos, cintura mais baixa e saia bem evasê;
( “H” –apresentava-se acinturada, com quadris e parte superior das roupas estreitos e definidos;
( “Y” – caracterizada por vestidos amplos decotes ou partes superioi em V e parte de baixo ajustada.


A roupa masculina também foi afetada pela nostalgia do período de guerra. Os alfaiates produziam um look “eduardino”: paletós mais comprido e ajustado, abotoamento até o pescoço, calçasapertadas e chapéus-coco com abas viradas. A grande diferença entre da roupa masculina para a feminina era que a feminina, apenas lembrava uma época antiga. Já o estilo “eduardino” era uma imitação direta das roupas do início do século XX.
A cartela de cores era a mais vasta possível, mas sempre com a intenção de combinar acessórios e peças de roupas nos mesmos tons.
Outras invenções da década foramo salto-agulha, criado em 1954, e o salto-choque, levemente inclinado para dentro, criado em 1959, ambos criados por Roger Vivier. O bico chato e quadrado também aparecem. E as sapatilhas, que tinha como musa Audrey Hepburn.
Uma peça, que apesar de toda a euforia não emplacou de cara, foi o biquíni. Inventado no final dos anos 40 pelo estilista Jacques Heim e quase ao mesmo tempo pelo...
tracking img