Partido arquitetonico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (272 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIC – Universidade de Cuiabá.
ANA PAULA MORSCHBACHER BLOMKER
Arquitetura e Urbanismo – 6º Semestre
Disciplina: Projeto IV

PARTIDO ARQUITETÔNICO

Boas ideias naarquitetura nascem com um bom partido. Isto significa que você não pode fazer um bom projeto sem antes tomar um bom partido.
Na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Buenos Aires sãoensinados aos alunos: se o trabalho é realizado em 4 meses, 3 meses de atraso é preferível que a alavancagem, para começar imediatamente, sem ou com o errado; tal como aconhecemos obterá melhores resultados, enquanto que nenhum partido vai ser muito difícil ter um bom projeto, desta vez supostamente compensa atraso desenvolver todas as partes comresultados positivos imediatos. 
Portanto, não há projeto sem um partido. 
Os mais experientes sabem que certas partes são resolvidos de uma certa maneira, há questões que suportamalguns partidos e outros não, às vezes eles têm bons partidos com boa resolução, mas inadequado para o local, contexto sócio-político, e assim por diante. 
Insiste muito osalunos devem caminhar pelas ruas, praças, para compreender o espaço urbano, como é diferente andando em uma rua estreita com edifícios altos e as ruas com prédios baixos. Tudo issodeve aprender e viver. Anos ensinando os alunos a sempre levar um notebook com eles para registar medições, escrever, desenhar, fazer anotações de tudo o que lhes interessa, ouestar se formando a sua própria experiência pessoal. 
Arquitetos com a capacidade de Clorindo Testa, Victorio Gregoti, entre outros, são capazes de gerar o partido todo semdesenhar uma única linha, mas quando você colocá-la no papel, tudo é resolvido, isso diz que quando você tem uma clara correspondência todas às peças são facilmente resolvidas. 
tracking img