Parasitologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3237 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS – UDC




RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA
PARASITOLOGIA

FAMÍLIAS ARGASIDAE E IXODIDAE













Foz do Iguaçu – Paraná
Agosto de 2014.
CENTRO UNIVERSITÁRIO DINÂMICA DAS CATARATAS – UDC



RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA
PARASITOLOGIA
FAMÍLIAS ARGASIDAE E IXODIDAE



Relatóriodesenvolvido sobre a aula prática da disciplina de Parasitologia, como parte da avaliação referente ao 1º bimestre do 3º período de Medicina Veterinária.
Professor Orientador: Heleno Brandão.
Acadêmicos: André Sobczuk, Caroline P. da Costa,Marcio Paschoalloto, Silmara S. Solano e Valdemir Loch.






Foz do Iguaçu – Paraná
Agosto de 2014.
RESUMO:
Serão compreendidas neste relatório as principais características das famílias abordadas em aula prática e teórica, sendo realizada a junção de ambas as informações para uma melhor discussão da temática em questão.
Após a elaboração do estudos à cerca dasfamílias Argasidae e Ixodidae – carrapatos moles e duros, respectivamente – podemos identificar através das estruturas, a quais gêneros pertencem as amostras capturadas e qual o sexo das mesmas. A importância desses carrapatos no Brasil, ganha enfoque no conhecido carrapato “estrela” ou “carrapato de cavalo”, sendo ele da família Ixodidae (carrapatos duros) e pertencente ao gênero Amblyomma, a espécieAmblyomma cajennense, é o vetor da Babesiose equina no Brasil e da Febre Maculosa no homem.
Os carrapatos se tornaram uma grande preocupação, não só no Brasil, como no mundo todo, pela fácil transmissão de doenças e por algumas espécies possuírem um ciclo de vida longo. Através de pesquisas contidas no livro de Georgis, utilizado como base de elaboração deste trabalho, podemos observar que emoutros países também existe essa preocupação de controle e tratamento contra os carrapatos.

PALAVRAS-CHAVE:
Ixodidae; Argasidae; Carrapatos; Amblyomma; Carrapato estrela; Ixodes.







INTRODUÇÃO:
A maior importância dos carrapatos diz respeito ao grande número e a variedade de doenças microbianas que eles transmitem aos animais domésticos (Georgis, 2010), além disso outros danosinfligidos pelos carrapatos incluem toxicose, ferida da picada, desconforto e perda de sangue.
O presente relatório aborda os principais aspectos das famílias analisadas em aula prática, sendo elas: Argasidae e Ixodidae.
A família Argasidae inclui os carrapatos que não possuem escudo e por isso são chamados de carrapatos moles (Monteiro, 2010). Os gêneros de importância incluem Argas, Ornithodorus eOtobius.
Já a família Ixodidae compreende carrapatos com escudo dorsal cobrindo toda a face dorsal no macho e somente um terço da face dorsal da fêmea, ninfa e larva, por isso, são chamados de carrapatos duros.














METODOLOGIA:
Análise de amostras de diversos carrapatos com auxílio de pinça e lupa de aumento, em laboratório. Aula realizada em: 07/08/2014.Metastigmata – Carrapatos
•Filo: Arthropoda
•Classe: Arachnida
•Subclasse: Acari
Todos os carrapatos são parasitas sugadores de sangue. O hipostômio é armado de dentes que se projetam para trás e as quelíceras são armadas de dentículos móveis, como na figura a baixo:

Capítulo de Amblyomma (Georgis, 2010).

Os estigmas laterais são caudo dorsais à quarta coxa enão apresentam os peritremas sinuosos característicos da subordem aparentada Mesostigmata.
Existem duas grandes famílias de carrapatos, Argasidae, ou carrapatos moles, e Ixodidae, ou carrapatos duros. Além da sua morfologia nitidamente diferente, os carrapatos duros e os moles variam muito no comportamento. A família Argasidae tende a ser compostoa de espécies que vivem em ninhos ou tocas,...
tracking img