Paper - economia das empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4233 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - INTRODUÇÃO

A crescente turbulência, imprevisibilidade e competitividade no mundo dos negócios exigem que os dirigentes de uma empresa se empenhem na busca de melhores formas de gerir seus empreendimentos.
Analisando o mercado de alimentação, dando destaque ao setor de bares e restaurantes, os quais congregam cerca de um milhão de empresas e que gera seis milhões de empregosdiretos em todo o país. Este setor representa atualmente 2,4% do PIB brasileiro, além disso, o hábito de alimentação fora de casa é cada vez mais crescente e corresponde a 26% dos gastos dos brasileiros com alimentos. (Disponível em: . Acesso em: 17 dez.. 2009).
O estado do Pará também tem sua contribuição nessa afirmativa, pois o segmento de food service, é cada vez mais crescente,principalmente porque a propaganda que é feita em torno dos pratos típicos e da diversidade de sabores encontrada em nossa região são um atrativo a mais aos turistas.
O “Boom” da gastronomia em Belém pode ter sido impulsionado a cerca de 10 anos com a inauguração da estação das docas, um complexo gastronômico e cultural que concentra a beira da baia do Guajará os melhores bares e restaurantes dacidade.
Nesse sentido, o presente estudo tem o objetivo de identificar as estratégias competitivas de uma empresa familiar voltada para o segmento de restaurantes em Belém do Pará, a qual vem se mantendo a 13 anos no mercado paraense. Este estabelecimento foi escolhido devido ao seu porte e sua referência para o setor, porém não foi permitido mencionar o nome da empresa que subsidia esteestudo, contudo a acessibilidade ao proprietário e a facilidade na obtenção das informações respaldaram a escolha.
1.2 – CARACTERIZAÇÃO DO AMBIENTE
A empresa familiar voltada para o segmento de restaurantes em Belém do Pará é o instrumento de estudo, pois está há treze anos no mercado gastronômico paraense e vem se superando a cada ano ao desenvolver várias vertentes em um mesmoseguimento, o de restaurantes, em suas nove unidades.
Suas unidades de restaurantes, apesar de fazerem parte de uma mesma rede, apresentam- se no mercado com suas particularidades e possuem suas ações voltadas para cada nicho de marcado, conseguintemente agregando cada vez mais clientes.
1.3 – OBJETIVOS DA PESQUISA
1.3.1 – Objetivo Geral
O objetivo principal desta pesquisa érealizar um estudo teórico-reflexivo sobre a competitividade e os paradigmas gerenciais em uma empresa familiar no segmento de alimentação.
1.3.2 – Objetivo Específico
• Discutir segundo a ótica de vários autores, as estratégias competitivas adotadas pelas empresas familiares;
• Analisar os paradigmas gerenciais e sua aplicabilidade no caso das empresas familiares;• Relacionar as estratégias competitivas utilizadas pela empresa em estudo para se manter no mercado paraense.

2 - REFERENCIAL TEÓRICO

A base teórico-empírica que será apresentada visa fundamentar a pesquisa proposta e revisar a literatura sobre ambiente organizacional e sua influência na sobrevivência das empresas, o conceito de estratégia competitiva e os paradigmas porque passamas empresas familiares.

2.1 – O MERCADO DE ALIMENTAÇÃO
A atividade de alimentação coletiva tem uma importância muito grande em nosso atual cenário. Hoje é mercado representativo na economia nacional, devendo crescer muito nos próximos anos. Aumento de preços, crise mundial das commodities, problemas climáticos na lavoura... O cenário parece negativo, mas o fato é que o setor cresceu. Omercado da alimentação fora do lar teve crescimento, como um todo, no mesmo compasso da economia brasileira nos últimos anos e, de certa maneira, já era previsto. Um de seus segmentos, por exemplo, o de refeições coletivas, teve receita de R$ 8,4 bilhões em 2007, contra R$ 7,5 bilhões em comparação com 2006. O número de refeições que era de 7 milhões de refeições/dia passou para 7,5 milhões. Em...
tracking img