Panela de aluminio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2585 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO
CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ANA CAROLINE MARTINS
DERIK SILVA
HELFLER VELOSO
JOSE ERINALDO GUIMARÃES
LEONARDO ERICEIRA
LUIS VIDAL

PANELAS DE ALUMÍNIO

São Luís
2010

ANA CAROLINE MARTINS
DERIK SILVA
HELFLER VELOSO
JOSE ERINALDO GUIMARÃES
LEONARDO ERICEIRA
LUIS VIDAL

PANELAS DE ALUMÍNIO

Caseapresentado à disciplina de Análise de Custos do curso de Ciências Contábeis da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco para obtenção de nota.

Profº. João Conrado de Amorim Carvalho

São Luís
2010
1. SINOPSE

Os sócios Arnaldo Ribeiro e José Castro planejam instalarem uma fábrica de panelas de alumínio em São Luis voltada para três linhas distintas:panelas de alumínio polido (PAP), panelas de alumínio fosco (PAF) e panelas de alumínio com teflon (PAT). Por causa de limitações dos seus equipamentos, a indústria não vinha conseguindo atender á demanda semanal. O processo e fabricação de panelas envolviam cinco etapas e existiam gargalos de produção que inviabilizavam o cumprimento das metas. Observamos que ocorre restrição na seção de prensa,com isso os empresários decidiram priorizar os produtos com maior margem de contribuição. Os sócios, então, resolveram contratar um consultor para verificar a exatidão dos cálculos disponibilizados nas planilhas. A questão é seguinte: É possível elevar a rentabilidade com os equipamentos atuais? Se fosse alterado o mix de produção, qual melhor alternativa para maximizar lucro? Se os empresáriosadquirirem uma nova prensa e a demanda aumentar 50%, qual seria a nova restrição? O que deveria ser feito para alcançar níveis máximos de rentabilidade?

2. PROBLEMAS ENVOLVIDOS NO CASO
• Dificuldade de cumprir as metas da empresa, em função dos gargalos;
• Duvidas sobre como fazer para resolver os gargalos e qual o melhor MIX de produção para a empresa com o aumente de 50% na demanda;• Priorização dos produtos com maior margem de contribuição;
• Limitação de recursos;

2.2 Problema secundário:

• Limitação de recursos;

2.3 Ambiente Interno:

2.3.1 Forças:

• Consciência de que pode ser melhorado o desempenho produtivo da empresa;

• A empresa é rentável;

2.3.2 Fraquezas:

• Incerteza sobre como fazer para maximizar o lucroapós a compra da nova prensa;
2.4 Ambiente Externo:

2.4.1 Oportunidade

• Existe demando pelos produtos da empresa

5. Suposições pessoais

Os sócios querem aumentar seus lucros, que é o objetivo de todo empresário, porém não é uma tarefa fácil. Este caso configura um grande desafio para nós, estudantes de contabilidade, uma vez que o mercado não quer somente contadores para debitare creditar, mas profissionais que lhes some idéias relevantes na corrida exacerbada pelo maior lucro e com o menor custo possível. Sendo assim, o que se vai fazer nesse trabalho é uma analise do caso e, procurar resolver o problema dentro das limitações que nos foram exposta, para tanto será explorado da melhor forma possível uma das teorias de custos: a Teoria das restrições.

3. DEFINIR OPROBLEMA
Com certeza o principal problema do caso é como alcançar o nível máximo de após a compra da nova prensa e conseqüentemente a melhor maneira de resolver os gargalos da empresa.

4. SOLUÇÃO EMPREGADA NO CASE

• Utilizar a Teoria das Restrições para se chegar ao objetivo principal dos empresários: o Maximo de lucro e com custo mínimo.

5. DECISÃO

Será usada a Teoria dasRestrições na resolução do problema, para isso o que será exposto aqui é uma seqüência de tabelas a qual será mostrado varias amostra de cálculos que justifiquem as possíveis conclusões.

6. AÇÃO
6.1 Dados do problema

Os dados do quadro seguinte representam seu programa de produção semanal.

|  |PAP |PAT |PAF |
|Demanda...
tracking img