Paisc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1135 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COLÉGIO TÉCNICO SÃO BENTO
Manuel Antonio de Oliveira Rocha
TÉCNICO DE ENFERMAGEM












PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA (PSF)
PROGRAMA DE ASSISTENCIA INTEGRAL À SAÚDE DA CRIANÇA (PAISC)

















COLÉGIO TÉCNICO SÃO BENTO
Ferraz de Vasconcelos
2013
COLEGIO TÉCNICO SÃO BENTO
Manuel Antonio de Oliveira Rocha
TÉCNICO DE ENFERMAGEMPROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA (PSF)
PROGRAMA DE ASSISTENCIA INTEGRAL À SAÚDE DA CRIANÇA (PAISC)
















COLÉGIO TÉCNICO SÃO BENTO
Ferraz de Vasconcelos
2013













































































Introdução ao Programa de Saúde da FamíliaA origem do PSF no Brasil remota a criação do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) em 1991, como parte do processo de reforma do setor de saúde.
Em 1994, o Ministério da Saúde lançou o PSF como Política Nacional de Atenção Básica, com caráter organizativo e substitutivo, fazendo frente ao modelo tradicional de assistência primária baseada em profissionais médicosespecialistas.
O PSF foi normatizado pela Norma Operacional Básica do SUS, de 1996 (NOB/SUS/1996), que definiu suas formas de financiamento, incluindo-o no Piso da Atenção Básica – PAB.
O período de 1994 a 1996 foi caracterizado, principalmente, pela expansão e consolidação do programa sendo o maior incremento percebido após 1997.
Em 2000, a população atendida alcança opercentual de 20% da população brasileira. A população coberta pelo PSF era em torno de 1 milhão em 1994. Em 2002, ultrapassou os 50 milhões de pessoas.




O PSF


A compreensão de que o fator humano é de fundamental importância para o desenvolvimento das ações de consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS), em todos os níveis de atenção, deve ser uma prerrogativa incorporada por todos,em especial, pelos Gestores de Saúde.
A criação do SUS na constituição brasileira de 1988 é provavelmente uma das mais importantes conquistas do setor saúde em prol da cidadania no país.
Com a abertura desse espaço, pela primeira vez na nossa história, a saúde foi considerada de relevância pública, sendo um direito do cidadão e dever do Estado, resgatando a universalidade, aequidade, a integralidade e o controle social das ações de saúde.
É importante referenciar que a origem das intervenções em saúde, tendo a unidade familiar como núcleo, iniciou-se entre 1973 e 1979, centrada na figura do médico de família, cuja criação surgiu com a necessidade da humanização da medicina, do combate à especialização precoce, da priorização da atenção e do reconhecimento da saúdecomo direito do cidadão e dever do estado, portanto, bem anterior ao programa da saúde da família, que foi criado em 1994, em praticamente todo território nacional.
O Programa de Saúde da Família é atualmente a estratégia adotada pelo Ministério da Saúde e recomendada para todo o Brasil para fortalecer e descentralizar a Atenção Básica de Saúde.
Especificamente na área de AtençãoBásica, com amplo elenco de intervenções e diversificadas opções de procedimentos, a atuação profissional, competente e comprometida, contribui significativamente para a melhoria das condições de saúde da população.
Seu principal propósito: reorganizar a prática da atenção à saúde em novas bases (Biopsicossocial) e substituir o modelo tradicional (Biomédico), levando a saúde para mais pertoda família e, com isso, melhorar a qualidade de vida dos brasileiros.

A origem do Programa Saúde da Família ou PSF no Brasil, conhecido hoje como "Estratégia da Saúde da Família", por não se tratar mais apenas de um "programa", teve início, em 1994 como um dos programas propostos pelo governo federal aos municípios para implementar a atenção primária. A Estratégia de Saúde da Família...
tracking img