Osteomielite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2315 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução:

A osteomielite é um processo inflamatório agudo ou crônico do tecido ósseo, produzido por bactérias piogênicas (isto é, produtoras de pus). A bactéria responsável varia de acordo com a idade do paciente e o mecanismo da infecção. Esses agentes causadores (bactéria) chegam ao tecido ósseo de diferentes maneiras: através de infecções originadas em lesões cirúrgicas ou acidentais;através de partes infectadas do corpo que aumentam a sua área afetada, atingindo os ossos; pelo sangue, que pode trazer infecções de outras partes do corpo.

Há também a osteomielite esclerosante, que é um processo infeccioso diretamente responsável pela esclerose do osso, dividindo-se em osteomielite esclerosante difusa (infecção de baixa intensidade) e focal (representa uma reação focal doosso a uma infecção de baixa intensidade e de longa duração, atuando em local de alta resistência tecidual, também chamada de osteíte condensante).

































Osteomielite: processo inflamatório agudo ou crônico nos espaços medulares ou nas superfícies corticais do osso que se estendem além do sítio inicial de envolvimento, usualmente umainfecção bacteriana.

Osteomielite Aguda: infecção polimicrobiana por microrganismos comumente presentes na cavidade bucal

1) Características Clínicas:

• Pacientes de todas as idades podem ser afetados pela doença.

• Prevalência acentuada pelo sexo masculino (75%).

• A maioria dos casos envolve a mandíbula.

• A alteração maxilar torna-se prioritária nospacientes pediátricos e nos casos originados de gengivite ulcerativa necrosante aguda (GUNA) ou noma.

• Quando ocorre nos maxilares, a osteomielite caracteriza-se como uma grave sequela na infecção periapical, resultada da disseminação generalizada da infecção através dos espaços medulares, com consequente necrose de quantidade variável de tecido ósseo. Na maioria dos casos, ocorre por causaslocais, como por exemplo: infecção periapical aguda, pericoronarites, lesões periodontais, traumatismos (associados a fraturas principalmente)e infecção aguda do seio maxilar. É possível seu aparecimento após uma exodontia ou agregação a uma infecção dentária em um osso com resistência diminuída (osteopetrose, por exemplo) no qual o tecido ósseo é altamente vulnerável à infecção.




2)Sinais e Sintomas:

• Febre, leucocitose, linfoadenopatia, sensibilidade significativa (os elementos dentários na área envolvida ficam abalados e sensíveis, tornando a alimentação difícil) e tumefação dos tecidos da região afetada, que caracteristicamente possui menos de 1 mês de duração.

• Ocasionalmente, a parestesia do lábio inferior, a drenagem ou a esfoliação dos fragmentosnecróticos podem ser observadas.




3) Características Radiográficas:

• As radiografias podem não estar alteradas ou apresentar radiotransparência (radiolucidez) mal delimitada.

• As primeiras manifestações radiográficas serão percebidas entre a primeira e segunda semana de evolução da enfermidade e se caracterizam por alterações líticas difusas do tecido ósseo, trabéculasósseas isoladas pouco nítidas começando a aparecer áreas radiolúcidas difusas (microabscessos).




[pic]
Fig 1.0 Osteomielite aguda: Radiotransparência mal delimitada no corpo mandibular direito. (Fonte: Patologia Oral & Maxilofacial – Neville, Damm, Allen e Bouquot)




[pic]

Fig 2.0 Osteomielite aguda com sequestro: Radiotransparência no corpo mandibular direito com massaradiopaca de osso necrótico.

(Fonte: Patologia Oral & Maxilofacial – Neville, Damm, Allen e Bouquot)



[pic]

Fig 8.0 Incidências radiográficas periapical e oclusal mostrando as áreas radiolúcidas e radiopacas, características da osteomielite supurativa.

(Fonte: Radiologia Odontológica – Aguinaldo, José Edu e Icléo Faria)




[pic]

Fig 9.0 Incidência lateral de mandíbula mostrando...
tracking img