Os sofista e socrates

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
OS SOFISTAS E SÓCRATES

Os Sofistas (Séc. V a. C.) Etimologicamente, o termo sofista significa sábio, entretanto, com o decorrer do tempo, ganhou o sentido de impostor, devido, sobretudo, às críticas de Platão. Os Sofistas eram professores viajantes que, por determinado preço, vendiam ensinamentos práticos de filosofia. Levando em consideração os interesses dos alunos, davam aulas de eloqüênciae sagacidade mental, ou seja, tinham fácil oratória e eram astuciosos. Ensinavam conhecimentos úteis para o sucesso dos negócios públicos e privados.

- Estamos na Grécia Antiga, no auge de um regime em que os cidadãos livres se ocupavam com a política discutiam e decidiam sobre os interesses comuns;

- Discussões públicas sobre como a cidade deveria ser administrada;

- Ao contrário doperíodo mítico, agora o homem tem autonomia sobre o seu destino;

- As propostas defendidas pelos cidadãos na agora exigiam argumentos sólidos e persuasivos: falar bem e de modo convincente (habilidade de discursar para convencer);

Os Sofistas são sábios que andavam pelas cidades ensinando (suas idéias, conhecimentos, a gramática, língua, técnicas de oratória/retórica, geometria, astronomia,música...);

- São criticados por Sócrates e Platão, acusados de serem mercenários do saber; prostituíram a verdadeira filosofia; destruíram os fundamentos do conhecimento e da verdade (tudo é relativo);

- Suas preocupações: O homem e a vida em sociedade (a cosmologia fica em segundo plano);

- Tudo na cidade deveria ser avaliado 2o segundo os interesses do homem e de sua forma de ver arealidade (definida na agora) = conveniência individual, relativismo;

- Discurso, jogo de palavras, trocadilhos, expressões de efeito.

- Para eles a pessoa deve buscar obter prazer c/ a satisfação dos instintos (até dominar os outros = escravidão);

- Contribuições: sistematização do ensino; crítica social; democracia;

As lições sofísticas tinham como objetivo o desenvolvimento do poder deargumentação, da habilidade de discursos primorosos, porém, vazios de conteúdo. Eles transmitiam todo um jogo de palavras, raciocínios e concepções que seria utilizado na arte de convencer as pessoas, driblando as teses dos adversários.

O momento histórico vivido pela civilização grega favoreceu o desenvolvimento desse tipo de atividade praticada pelos Sofistas. Era uma época de lutas políticas eintenso conflito de opiniões nas assembléias democráticas. Por isso, os cidadãos mais ambiciosos sentiam a necessidade de aprender a arte de argumentar em público para, manipulando as assembléias, fazerem prevalecer seus interesses individuais e de classe.

Entre os Sofistas, destacam-se Protágoras e Górgias, que pareciam mais preocupados com a distinção entre natureza e convenção, de uma formageral. Por essa razão, tinham como um de seus principais objetivos depreciar o estudo da natureza e, desta maneira, toda a linha filosófica existente até essa época.

Protágoras alegou que o homem é a medida de todas as coisas, tanto das coisas que são o que são como das coisas que não são, o que não são. Isto significa que tudo é como parece ao homem – não apenas aos homens em geral, mas a cadaindivíduo em particular. Esta tese, leva a um relativismo total, sem possibilidade alguma de verdade absoluta.

Górgias foi ainda mais radicalmente oposto à natureza e a seu estudo. Escreveu um livro no qual formulou uma tripla alegação: 1) nada há; 2) mesmo que houvesse alguma coisa, não poderíamos conhecê-la; e 3) mesmo que pudéssemos conhecê-la não poderíamos comunicá-la aos demais.Poderíamos descrever isto como um argumento mediante “retirada estratégica”: caso a posição mais radical não seja julgada convincente, volta-se para outra, menos radical. Mas até mesmo esta última elimina a possibilidade de estudo da natureza.

Górgias ensinava retórica, enquanto que Pródico, especializava-se em linguagem e gramática em geral, ao passo que Hípias ensinava o treinamento da memória....
tracking img