Organograma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1170 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ORGANOGRAMA:
,

REPRESENT
AÇAO

GRAFICA DA ESTRUTURA
YOLANDA

FERREIRABALCAO

"Os indivíduos produzem mais quando sabem o que
fazer, que autoridade têm e quei» são suas relações
com as outras pessoas na organização." - LAWRENCE
A. ApPLEY

Ao lado das emprêsas brasileiras em que há organogramas
corretamente desenhados a produzir todos os benefícios
que lhes são próprios,encontramos outras em que os organogramas estão a exigir melhor adaptação à realidade ou
aperfeiçoamento na forma de apresentação; outras, ainda,
em que não há organograma, mas existe grande receptividade à idéia de implantá-lo; e, finalmente, algumas em
que é forte a resistência a essa idéia.
Verificamos, por outro lado, que muito pouco se tem escrito no Brasil e mesmo no estrangeiro sôbre a técnicade
elaboração de organogramas e as reais vantagens e limitações dês se instrumento de administração.
Uma vez que para a grande maioria das emprêsas um dos
primeiros e mais decisivos passos no caminho da' racionalização é exatamente o da implantação de organograma,
e que para aquelas que já deram êsse passo e o fizeram
com alguma imperfeição é recomendável a correção de
seus defeitos,julgamos que importa examinar atentamente
o assunto, respondendo às perguntas e objeções que mais
YOLANDA

FERREIRA

de Administração

Professôra-Adjunta
e Chefe do Departamento
e Relações Industriais
da Escola de AdminiStração

BALCÃO -

Geral

de Emprêsas de São Paulo, da Fundação Getúlio Vargas.

108

ORGANOGRAMA: REPRESENTAÇAO DA ESTRUTURA

R.A.E,J17

freqüentemente se fazemcom relação a êsse valioso auxiliar de racionalização orgânica.
Definido nosso objeto, faremos a seguir a descrição e a
análise de diversos tipos de organogramas - com suas
convenções próprias de conteúdo e nomenclatura e
examinaremos as vantagens e limitações da representação
gráfica da estrutura.
CARATERÍSTICAS DO ORGANOGRAMA

Criado essencialmente para dar representação gráfica àsrelações entre cargos na organização, o organograma tem,
bàsicamente, duas partes interligadas - linhas e retângulos -, sendo que as primeiras representam o fluxo da
autoridade na organização e os últimos os cargos entre os
quais flui a autoridade.
Nos últimos anos, especialmente nos Estados Unidos da
América, o conceito de organograma evoluiu no sentido
de incluir não só a estrutura orgânicapresente, mas
também a futura, tal como é planejada pela administração. A adaptação do organograma a êsse fim foi descrita
em artigo publicado na REVISTADE ADMINISTRAÇÃOE
D
1
EMPRÊSAS.
Porém, em seu uso mais generalizado e universal, o organograma é uma "fotografia" da hierarquia e da divisão de
atividades da organização, tal como tenham sido oficialmente planejadas pela administração. Êlemostra "quem é
subordinado a quem" - ou que cargos são superiores e que
cargos são subordinados - e. a departamentalização orgânica existente.
Na prática é comum a confusão entre o organograma e
os diversos tipos de fluxogramas - como, por exemplo,

1)

OBERG, O Preparo da Organização para Expansão"', Revista
"
de Administração de Emprêsas, volume 1, número 3, janeiro/abril de 1962.WINSTON

KA.E.j17

ORGANOGRAMA: REPRESENTAÇAO DA ESTRUTURA

11)9

o harmonograma (fluxo de papéis) entre o organograma e o fluxo de comunicações entre as pessoas na organização. São também freqüentes as tentativas de aproveitar o organograma para dar o esquema de quadros e níveis de carreira e o resumo das descrições de funções dos
cargos administrativos.
Não se pode falar realmente emêrto quando isso ocorre;
cada organograma é uma convenção e, como tal, obedece
às normas que se estabeleçam para sua elaboração e interpretação; êsses acréscimos têm, porém, o condão de
tornar mais difícil e complexa a representação gráfica da
estrutura, eliminando uma das regras mais importantes
dessa representação: a clareza.
A título de ilustração, damos na Figura 1 o organograma
da...
tracking img