Oiiii

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1363 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Paradoxos da Relação Brasil X China

Há muitos anos. Em trabalho acadêmico, prevíamos que a China dominaria o mundo e que o tempo para essa ocorrência dependeria, basicamente, dos fatores educacionais e político. Como estes só foram reengenheirados pela China ao final dos anos 70, retardou o processo, hoje em curso acelerado.
O que nos levou a essa previsão  para um país em atraso intenso naépoca foram basicamente, três fatores:
1) O contingente populacional e suas necessidades, em crescimento geométrico;
2) A incapacidade de os recursos naturais atenderem à crescente demanda potencial, o que forçaria a China a buscar outros territórios;  
3) A histórica prática estratégica(ou de estratagemas), milenarmente cultivada e praticada naquela Nação.
O liberalismo econômico, que temconveniências, nem sempre se desenvolve com a desejável simetria e responsabilidade social, principalmente nos processos globalizados. Nas relações atuais, a  China sabe bem onde quer chegar, o que quer conquistar, o que pode e quer ceder, qual é o seu potencial e quais as suas limitações patrimoniais. 
Comparativamente com o Brasil, as diferenças patrimoniais podem assim ser resumidas:
Patrimônio |China (US$Trilhões) | Brasil (US$ Trilhões) |
Total | 7 | 7 |
Construído | 1,1 | 1,4 |
Humano | 5,2 | 2,5 |
Natural | 0,7 | 3,1 |

Vê-se, então, o grande diferencial do Patrimônio Humano, que poderá ser potencializado pela educação, a favor da China. Por outro lado, a China tem no Patrimônio Natural o grande limitador. Aí, então, o Brasil passa a ser seu foco de atenção. Recursosminerais, inclusive água, terra fértil e mercado consumista, são elementos estratégicos para o desenvolvimento da China.
O contingente populacional chinês, com o provável crescimento de consumo pela melhoria da renda, e o excedente econômico pelo significativo saldo da balança comercial, são dois fatores que o mundo econômico mira e busca, nem sempre fundado em sólida estratégia.
Mas ter sucesso emlongo prazo na China exige atenção e estratégia, pois lá ainda são praticados seus estratagemas milenares, valendo destacar os seguintes, históricos, tirados da literatura:
* Enganar o Imperador e atravessar o mar
* Mel na boca, espada na cinta.
* Atrair o tigre para que desça da montanha
* Atirar um tijolo para atrair uma jade
* Para prender os bandidos, primeiro captura-seo chefe.
O Governo brasileiro, pleiteando receber o apoio a uma cadeira na ONU, de importância apenas relativa, apressada e ingenuamente  reconheceu a China como “Economia de Mercado”. Trocou – e não recebeu – jade por tijolo, deixando potencial ameaça às relações futuras, quando precisar apoiar-se em barreiras de proteção comercial, o que já se prenuncia.
A China tem diferenciais vantajososinatingíveis pela maioria dos setores industriais do mundo, exceto os derivados de recursos naturais de que não disponha. Sua base de remuneração do trabalho, a baixa carga tributária e de juros, a informalidade e a pirataria ameaçam as indústrias do mundo e, em especial do Brasil, detentor da mais alta taxa de juros do planeta e carga tributária entre as mais elevadas. Isto destrói o podercompetitivo, mesmo com a mais alta produtividade.
Alguns setores, como calçados, têxteis e confecções, ferramentas, plásticas e outros, já estão seriamente ameaçados, devendo afetar o nível de emprego. O automobilístico está de olho.
A alternativa da reciprocidade – explorar o mercado chinês – acessível a alguns setores, é inacessível à maioria, pelos diferenciais competitivos estruturais e pelassalvaguardas estratégicas, já que lá as regras, as normas, os contratos e a legislação não são rigidamente respeitados, quando inconvenientes aos interesses locais. A opção de instalar lá as fábricas de componentes para que as unidades daqui e de outras partes do mundo sejam meras montadoras é uma alternativa. Porém, tem também seus riscos.
A China tem pré-definidos empreendimentos incentivados,...
tracking img