Oficina de lingua portuguesa anhanguera educasional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1174 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Oficina de Língua Portuguesa
Verificação de Aprendizagem
Revisão da tentativa 1
Iniciado em terça, 26 março 2013, 15:51
Completado em terça, 26 março 2013, 16:21
Tempo empregado 30 minutos 22 segundos
Nota 10 de um máximo de 10(100%)
Question 1
Notas: 1

(Fuvest – SP) – Assinale a frase gramaticalmente correta.
Escolher uma resposta.
a. Não sei por que discutimos. Correto
b. Elenão veio por que estava doente. Errado
c. Mas porque não veio ontem? Errado
d. Não respondi porquê não sabia. Errado
e. Eis o porque da minha viagem. Errado

Alternativa A

Nesta alternativa está sendo empregada a preposição por + que advérbio interrogativo. Nesse caso, após por que sempre ocorre a palavra motivo/razão, às vezes claramente outras vezes subentendida.
CorretoNotas relativas a este envio: 1/1.
Question 2
Notas: 1

Só os roçados da morte
compensam aqui cultivar,
e cultivá-los é fácil:
simples questão de plantar;
não se precisa de limpa,
de adubar nem de regar;
as estiagens e as pragas
fazem-nos mais prosperar;
e dão lucro imediato;
nem é preciso esperar
pela colheita: recebe-se
na hora mesma de semear.
(João Cabral de Melo Neto, Morte evida severina)
Substituindo-se os dois-pontos por uma conjunção, em “(...) pela colheita: recebe-se (...)”, mantém-se o sentido do texto APENAS em “(...) pela colheita,
Escolher uma resposta.
a. já que se recebe (...)” Correto
b. portanto se recebe (...)” Errado
c. embora de receba (...)” Errado
d. ainda que se receba (...)” Errado
e. ou se recebe (...)” Errado

Alternativa AA alternativa em que se preenche corretamente os dois pontos é “A”, pois, a oração “recebe-se na hora mesma de semear” é causal e “já que” é uma conjunção causal.
Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 3
Notas: 1

Como no exercício anterior.
a) “Ele informou aos colegas de que havia perdido os documentos cuja originalidade duvidamos.”

b) “Depois de assistir algumas aulas,eu preferia mais ficar no pátio do que continuar dentro da classe.”


Escolher uma resposta.
a.
a) “Ele informou aos colegas que havia perdido (ou: ele informou os colegas de que havia perdido os documentos de cuja originalidade duvidamos.”
b) “Depois de assistir algumas aulas, eu preferia ficar no pátio a continuar dentro da classe.” Errado
b.
a) “Ele informou aos colegas que haviaperdido os documentos de cuja originalidade duvidamos.”
b) “Depois de assistir algumas aulas, eu preferia ficar no pátio a continuar dentro da classe.” Errado
c.
a) “Ele informou os colegas que havia perdido os documentos de cuja originalidade duvidamos.”
b) “Depois de assistir algumas aulas, eu preferia ficar no pátio a continuar dentro da classe.” Errado
d.
a) “Ele informou aoscolegas que havia perdido (ou: ele informou os colegas de que havia perdido os documentos de cuja originalidade duvidamos.”
b) “Depois de assistir algumas aulas, eu preferia ficar no pátio que continuar dentro da classe.” Errado
e. n.d.a. Correto
Alternativa E

Nenhuma alternativa está certa, pois, o verbo assistir neste caso é transitivo indireto regendo preposição “a”. “Depois de assistir aalgumas aulas...”
Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 4
Notas: 1
(FUVEST) Assinale a alternativa em que está correta a forma plural:

Escolher uma resposta.
a. fuzil – fuzíveis Errado
b. atlas – atlas Correto

c. gavião – gaviães Errado
d. júnior – júniors Errado
e. mal – maus Errado

Alternativa B
a) Fuzil – Fuzis
b) Atlas – Atlas (Paroxítonasterminada em s são invariáveis, outro exemplo: Lápis)
c) Gavião – Gaviões
d) Júnior – Juniores
e) Mal – Males
Correto
Notas relativas a este envio: 1/1.
Question 5
Notas: 1

(FUVEST) Só os roçados da morte
compensam aqui cultivar,
e cultivá-los é fácil:
simples questão de plantar;
não se precisa de limpa,
de adubar nem de regar;
as estiagens e as pragas
fazem-nos mais prosperar;
e...
tracking img