Odontologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 48 (11949 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA

JORCELINO DOS SANTOS

TRANSPLANTE DE OSSO HOMÓLOGO EM ODONTOLOGIA
CLASSIFICAÇÃO, RISCOS E BENEFÍCIOS

Rio de Janeiro
2007

JORCELINO DOS SANTOS

TRANSPLANTE DE OSSO HOMÓLOGO EM ODONTOLOGIA
CLASSIFICAÇÃO, RISCOS E BENEFÍCIOS

Dissertação apresentada ao curso de Mestrado
Profissionalizante
em
Odontologia
da
Universidade Veiga de Almeida, comorequisito
parcial para obtenção do Grau de Mestre. Área de
concentração: Reabilitação Oral.

Orientador: Prof. Dr. Adriano de Lia Mondelli

Rio de Janeiro
2007

JORCELINO DOS SANTOS

TRANSPLANTE DE OSSO HOMÓLOGO EM ODONTOLOGIA
CLASSIFICAÇÃO, RISCOS E BENEFÍCIOS

Dissertação apresentada ao curso de Mestrado
Profissionalizante
em
Odontologia
da
Universidade Veiga de Almeida, comorequisito
parcial para obtenção do Grau de Mestre. Área de
concentração: Reabilitação Oral.

Aprovada ___/____/_____

BANCA EXAMINADORA

________________________________________________________
Prof.Dr. Sergio Kahn
Universidade Veiga de Almeida - UVA
________________________________________________________
Prof. Dr. Severo de Paoli
Faculdade de Odontologia de Nova Friburgo- UFF________________________________________________________
Prof. Dr. Walter Soares Machado
Universidade Veiga de Almeida - UVA

.

Dedico este trabalho primeiramente a Deus, por
me dar a oportunidade de realizá-lo; à minha
esposa Regina e aos meus filhos, Mariana e
Vinícius, por me inspirarem a cada momento
neste desafio; aos meus professores no decorrer
desta vida, por direcionarem o meucrescer; aos
meus amigos, por me dizerem que: nada se faz
sozinho ; e aos meus pais, por unirem tudo isso
no mais simples ato de amor à vida.
Aos professores do mestrado, pelo estímulo nas
tarefas do aprender e crescer cada vez mais e
em especial aos professores Marcos de Oliveira
Barceleiro e José Henrique Cavalcanti Lima.
Aos meus colegas de mestrado da Universidade
Veiga de Almeida, por mefazer ver amigos onde
somente via colegas.
À amiga Elen Saboya, um agradecimento
especial, a Bibliotecária Gisele e a Técnica em
Biblioteca Alcione, por me ajudarem na
conclusão deste desafio.
A Leila Husein pela inestimável ajuda no
decorrer deste trabalho.
Ao meu orientador Adriano de Lia Mondelli, o
meu muito obrigado.

LISTA DE ABREVIATURAS
AATB

American Association of TissueBank (Associação Americana de Banco
de Tecidos)

ABTO

Associação Brasileira de Transplante de Órgãos

AIDS

Acquired

Immune

Deficiency

Syndrome

(Síndrome

da

Imuno

Deficiência Adquirida)
ANVISA -

Agência Nacional de Vigilância Sanitária

BMP -

Bone Morfogenetic Protein (Proteína Óssea Morfogenética)

BMPs -

Bone Morfogenetic Proteins (Proteínas ÓsseasMorfogenéticas)

CDC -

Center of Disease Control (Centro de controle de Doenças)

CFO -

Conselho Federal de Odontologia

DFDBA

-

Demineralized

Freezer

Dried

Bone

Alograft

(Enxerto

Ósseo

Desmineralizado Congelado e Seco)
FADM -

Fator Angiogênico Derivados de Macrófagos

FCDM -

Fator de Crescimento Derivados de Macrófagos

FDA -

Food and DrugAdministration (Agência de controle de Fármacos e
Alimentos)

FDBA

Freezer Dried Bone Allograft (Enxerto Ósseo Congelado e Seco)

FCDP

Fator de Crescimento Derivado de Plaquetas

HIV -

Human Immuno Deficiency Virus (Vírus da Imunodeficiência Humana )

HLA -

Human Leukocyte Antigen (Antígeno Leucocitário Humano)

SNT -

Sistema Nacional de Transplantes

TGF2 -

Transform GrowFactor, two (Fator de Crescimento Transformante

dois)

LISTA DE SÍMBOLOS

KGy
°C

Kilograys
Graus Celsius

RESUMO
O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre o uso de osso
homólogo na enxertia dos defeitos ósseos em humanos. Nas décadas de 80 e 90,
sua utilização foi muito difundida na Odontologia, em especial na Periodontia,
principalmente na forma de...
tracking img