Novas tendencias do sindicalismo para o seculo xxi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3912 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As Novas Tendências do Sindicalismo Para o Século XXI


Resumo
Este ensaio apresenta uma análise do movimento sindical no Brasil, sua relação com o mundo do trabalho e o “ser-que-vive-do-trabalho”, e as perspectivas de mudanças para a próxima década. No entanto, primeiramente se fez necessário conceituar a palavra sindicato e sua função, o que entendemos ser de fundamental importância para odesenvolvimento desta análise. Em seguida procedeu-se uma pesquisa histórica sobre o surgimento e organização da classe operária, desde a Revolução Industrial, no século XVIII, até os dias atuais. Os movimentos sindicais surgiram, principalmente, a partir das transformações da organização do trabalho, da inserção da máquina a vapor, da tecnologia, além, das mudanças sociais, políticas eeconômicas. Tendo em vista que o interesse é dissertar sobre o papel dos sindicatos no Brasil, a terceira parte do trabalho trata exatamente do assunto, ou seja, o inicio do movimento operário brasileiro. Outro ponto abordado neste ensaio é o surgimento das Centrais Sindicais e por último, as tendências que o sindicalismo deverá enfrentar para sobreviver diante das mudanças globalizadas. Uma destastendências é a diminuição do número de trabalhadores com carteira assinada e o aumento do número de cooperativas de trabalho no Brasil.

Palavras-chave: Produção, Legislação,Cooperativas de Trabalho


1. Introdução

Esse artigo pretende fazer uma análise do movimento sindical no Brasil, bem como, sua influência no trinômio empresa-empregado-sindicato e quais as funções que os sindicatos deverãoadotar para estarem, eles também, preparados para o século XXI.

A evolução do trabalho nas organizações provocou mudanças de comportamento e pensamento político e ideológico nos indivíduos. Essas mudanças foram responsáveis para que os trabalhadores se reunissem e reivindicassem melhores condições de trabalho. Sabe-se que ao longo do tempo, o “papel” dos sindicatos também foi modificado, até pelastransformações ocorridas nas estruturas das empresas e do seu ambiente (mercado).

O interesse pelo tema surgiu a partir da experiência profissional, de um dos autores, na área de Recursos Humanos em algumas empresas. Experiência esta que o fez questionar sobre o papel do sindicato vinculado às empresas e a relação deste com os trabalhadores e o corpo diretivo da organização.

Por inúmerasvezes, foi questionada a atuação do sindicato nestas organizações. Muito incomodava observar a insatisfação dos funcionários em serem representados por tal sindicato. Alguns órgãos desta classe são fracos e sem representatividade, pois seus interesses estão muito mais em atender às suas necessidades e das organizações, do que em atender aos empregados. Em um trinômio desta natureza,empresa-empregado-sindicato, há normalmente o jogo de interesses. Neste fato reside o interesse em pesquisar este tema.

Este ensaio tem como objetivo principal apresentar uma análise do movimento sindical no Brasil, sua relação com o mundo do trabalho e o “ser-que-vive-do-trabalho”, conforme mencionado por Antunes (1999), e as perspectivas de mudanças para as próximas décadas.

Primeiramente fez-se necessárioconceituar a palavra sindicato e descrever a sua função, o que se entende ser de fundamental importância para o desenvolvimento desta análise. A seguir, realizou-se uma pesquisa histórica sobre o surgimento e organização da classe operária, desde a Revolução Industrial no século XVIII, até os dias atuais.



2. Conceituando Sindicato

Pacheco (1981:20) postula que entende sindicato “pororganização todo grupo humano institucionalizado e formalizado que tem como objetivo produzir algo. Neste sentido, as organizações são fábricas, bancos, financeiras, escolas, universidades, lojas, repartições públicas, asilos, hospitais e creches”.

Neste sentido, pode-se afirmar que o sindicato é uma organização e como tal, tem uma finalidade. A palavra sindicato tem origem no latim e no grego....
tracking img