Niveis de linguagens

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1486 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução


Os níveis de linguagem dizem respeito ao uso da fala e escrita em uma determinada situação comunicativa. O emissor e o receptor devem estar em concordância para que haja entendimento. Assim sendo, cada ocasião exige uma linguagem diferente.
Temos uma norma que rege a língua escrita que é a gramática. No entanto, a fala não se trata de uma convenção, mas do modo que cada umutiliza esse acordo. A língua falada é mais desprendida de regras, e, portanto, mais espontânea e expressiva. Por este motivo, está suscetível a transformações, diariamente. Assim, a mudança na escrita começa sempre a partir da língua falada e esta é tão importante quanto à língua escrita não é toda alteração na fala que é reconhecida na escrita, mas somente aquelas que têm significação relevante àsociedade. O que determinará o nível de linguagem empregado é o meio social no qual o indivíduo se encontra. Portanto, para cada ambiente sociocultural há uma medida de vocabulário, um modo de se falar, uma entonação empregada, uma maneira de se fazer as combinações das palavras, e assim por diante. A linguagem deve estar de acordo com o contexto em que o emissor da mensagem e o destinatário seencontram. , para cada situação linguística, há uma linguagem adequada.








Desenvolvimento

A língua é um código de que se serve o homem para elaborar mensagens, para se comunicar. Embora as variações lingüísticas e níveis da linguagem sejam condicionados pelas circunstâncias, tanto a língua falada quanto a escrita cumpre sua finalidade, que é a comunicação. A língua escrita obedece anormas gramaticais e será sempre diferente da língua oral, mais espontânea, solta, livre, visto que acompanhada de mímica e entonação, que preenchem importantes papéis significativos. Mais sujeita a falhas, a linguagem empregada coloquialmente difere substancialmente do padrão culto, o que, segundo alguns lingüistas, criaram no Brasil um abismo quase intransponível para os usuários da língua, poisse expressar em português com clareza e correção é uma das maiores dificuldades dos brasileiros. Com base nessas considerações, não se deve reger o ensino da língua pelas noções de certo e errado, mas pelos conceitos de adequado e inadequado, que são mais convenientes e exatos, porque refletem o uso da língua nos mais diferentes contextos.
A gramática normativa é aquela que se pode considerarcomo a arte de falar e escrever corretamente baseia-se em modelos (os escritores clássicos da língua, por exemplo). A partir deles estabelece suas normas. Cada uma dessas chama-se norma padrão ou norma culta.
Na visão de estudiosos, é importante afirmar que só falava e escrevia bem quem seguisse o padrão imposto pela gramática normativa o chamado nível ou padrão formal culto. Porem, nocontemporâneo observa-se que existe outra linguagem, aquela utilizada pelos falantes segundo os lingüistas.





Existem basicamente duas modalidades de língua, ou seja, duas línguas funcionais:



1. A língua funcional de modalidade culta, língua culta ou língua-padrão, que compreende a língua literária, tem por base a norma culta, forma lingüística utilizada pelo segmento mais culto e influente deuma sociedade. Constitui, em suma, a língua utilizada pelos veículos de comunicação de massa (emissoras de rádio e televisão, jornais, revistas, painéis, anúncios, etc.), cuja função é a de serem aliados da escola, prestando serviço à sociedade, colaborando na educação, e não justamente o contrário;
2. A língua funcional de modalidade popular; língua popular ou língua cotidiana, que apresentagradações as mais diversas, tem o seu limite na gíria e no calão.

A linguagem popular ou coloquial
É aquela usada espontânea e fluentemente pelo povo. Mostra-se quase sempre rebelde à norma gramatical e é carregada de vícios de linguagem (solecismo - erros de regência e concordância; barbarismo - erros de pronúncia, grafia e flexão; ambigüidade; cacofonia; pleonasmo), expressões vulgares,...
tracking img