Nike

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de Lavras

Teoria Organizacional - Criação de Casos

O modelo
Nike

O que aprender com uma das companhias mais inovadoras do mundo
Por Edson Porto, Época Negócios – Janeiro de 2010

1 - Introdução

Em 1964 com um aperto de mão e US$ 500 cada, Phil Knight e seu treinador Bill Bowerman criam a Blue Ribbon Sports para importar tênis da Onitsuka Tiger (hojeAsics), do Japão. A intenção foi criar uma alternativa do domínio da Adidas. A relação com a Onitsuka é rompida e a empresa começa a contratar outras fábricas japonesas para produzir seus calçados. Depois viriam fábricas na China, no sudeste asiático e no Brasil. A empresa pertence àquele escasso time de companhias reputadas por revolucionar o setor em que operam. Foi pioneira no movimento deterceirização da produção, que acabou por se tornar um padrão global. Sem fábricas próprias, a empresa passou a se concentrar na inteligência de marketing, design e inovação. Casa cultura popular com esportes. Por muito tempo especulou-se que a Nike não sobreviveria à partida de sue fundador Phil Knight. Seu sucessor, o atual CEO Mark Parker, muda essa percepção.
Em 1971 nasce o nome Nike, fruto do sonhode um funcionário com a deusa da vitória grega, como o logotipo, apelidado de swoosh.
Logo depois, é fechado o primeiro contrato de patrocínio com um atleta profissional, a então estrela do tênis Ilie Nastase. Mas quem realmente difundiu a marca foi o corredor Steve Prefontaine que morreu em 1975 e virou uma lenda na empresa.
A Nike se torna uma empresa pública ao lançar 2,3 milhões de ações nomercado em 1980. É inaugurado o primeiro laboratório de pesquisa e desenvolvimento. Nele é possível testar vários aspectos da biomecânica e da fisiologia do corpo humano.
Knight afasta-se pela primeira vez da empresa. Meses depois, a companhia é surpreendida pela explosão aeróbica, com o lançamento de produtos da concorrente Reebok. A competição leva ao corte de 10% dos funcionários em dezembro.E em 1987 a Reebok conquista a liderança do mercado americano. O faturamento da Nike cai pela primeira vez.
Dentre o período de 1987 à 1993, a Nike gerou programas de reciclagem, e novas formas de apresentar produtos ao público.
Em 1996 acusações sobre o uso do trabalho infantil e maus-tratos em fábricas da Nike, que começaram no início da década, ganham força e se espalham pelo mundo. ONGspassam a fazer campanhas contra os produtos da empresa. Assim o faturamento da empresa cai depois de grande crescimento nos anos anteriores. Phil Knight retorna para fazer mudanças estruturais e contratações de novos executivos, inclusive o atual CFO, Don Blair.
A compra da Converse, em 2003, marca uma fase de expansão por meio de aquisições e em 2004 pela terceira vez em sua carreira, Knightresolve se afastar do comando. O substituto escolhido é Willian Perex, um executivo do setor de produtos de limpeza. Phil não aprovou a experiência com Perez e promoveu Mark Parker como novo CEO em 2006.
Por fim, a empresa entra em nova fase de reestruturação, com corte de 5% dos funcionários e faturamento recorde de US$ 19,179 bi.

2 - Narrativa
Por Dentro do Planeta Nike

A Nike foipioneira no movimento de terceirização da produção, que acabou por se tornar um padrão global. Sem fábricas próprias, a empresa passou a se concentrar na inteligência de marketing, design e inovação. Também transformou sua marca em um ícone mundial ao casar cultura popular com esportes e elevar o culto ao atleta a um ponto nunca antes imaginado. Nesse processo, criou o marketing esportivo moderno eproduziu uma legião de milionários. Por trás dessas decisões havia sempre a cabeça do fundador, Phil Knight.
O relacionamento entre a empresa e Phil é tão profundo que por três vezes Knight flertou com a aposentadoria, mas teve de retomar as rédeas para mudar o rumo e salvar a companhia do desastre. Por muito tempo, especulou-se que a Nike jamais sobreviveria à sua partida. Mas quem está mudando...
tracking img