Neurogenese

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3937 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Revisão:

NEUROGÊNESE NO SISTEMA NERVOSO ADULTO DE MAMÍFEROS
Ilton Santos da Silva
Departamento de Fisiologia, Instituto de Biociências, USP Recebido 27jul09 / Aceito 15dez09 / Publicação inicial 17dez09 silvais@ib.usp.br

Resumo. O cientista espanhol Ramón y Cajal e seus contemporâneos defendiam a idéia de que o sistema nervoso de indivíduos adultos fosse imutável, sem a possibilidade deque novos neurônios surgissem. No entanto, com o desenvolvimento recente de novas técnicas, foi possível confirmar a existência da neurogênese na fase adulta. Como a maior parte dos novos neurônios surge em uma estrutura crítica nas funções de memória, acredita-se que eles contribuam para o aprimoramento destas funções e não sejam apenas vestígios ontogenéticos. Essa breve revisão busca discutiralgumas teorias e evidências experimentais a respeito da neurogênese e seu papel no sistema nervoso de indivíduos adultos. Palavras-chave. Aprendizagem e memória, neurogênese adulta, giro denteado, hipocampo. NEUROGENESIS IN THE ADULT MAMMALIAN NERVOUS SYSTEM Abstract. The Spanish scientist Ramón y Cajal and his contemporaries advocated the idea that the adult mammalian nervous systems wereimmutable and new neurons could not arise. However, with the recent development of new techniques, it was possible to confirm the existence of neurogenesis in adulthood. Like most of the new neurons arise in a critical structure for memory functions, it is believed that they contribute to improve these functions and not only constitute ontogenetic traces. This brief review discusses some theories andexperimental evidences regarding to the neurogenesis and its role in the adult mammalian nervous system. Keywords. Learning and memory, adult neurogenesis, dentate gyrus, hippocampus. Breve histórico As primeiras descrições detalhadas de células nervosas foram realizadas no final do século XIX por Camilo Golgi e Ramón y Cajal, contribuindo imensamente para a compreensão dos aspectos estruturais dosistema nervoso. Golgi desenvolveu técnicas de coloração utilizando sais de prata para corar neurônios, revelando detalhes da estrutura neuronal sob o microscópio, tais como o corpo celular, dendritos e axônio. Utilizando a técnica de coloração empregada por Golgi, o histologista espanhol Santiago Ramón y Cajal observou que o tecido nervoso é formado por uma rede de células distintas e que estasseriam os elementos fundamentais do sistema nervoso (Fig.1). Ramón y Cajal estudou as diferentes fases de desenvolvimento dos neurônios em mamíferos, observando que não havia a presença de qualquer sinal do surgimento de novas células no encéfalo adulto, além daquelas já estabelecidas ao nascimento. Outros pesquisadores da época também concluíram que a elaborada arquitetura do encéfalo de mamíferospermanece fixa e defenderam a idéia de que a adição de novas células era completamente inconcebível. Dessa forma, postulou-se que o sistema nervoso central possui conexões fixas e imutáveis, sem qualquer possibilidade de que novos neurônios surgissem. Já na primeira metade do século XX, alguns estudos mostraram que havia o nascimento de novas células em encéfalos adultos (Hamilton, 1901; Allen,1912; Sugita, 1918). Entretanto, a grande dificuldade era afirmar se essas novas células eram realmente neurônios ou glia, tendo em vista a limitação dos métodos empregados na época. Na década de 1960, Joseph Altman publicou uma série de estudos relatando a ocorrência de neurogênese em ratos jovens e adultos (Altman, 1962; Altman, 1963; Altman e Das, 1965; Altman e Das, 1966; Altman, 1966; Altman,1969). Utilizando a técnica de autoradiografia com [3H]-Timidina, uma substância que é incorporada ao DNA das células em divisão, Altman observou o surgimento de novas células em diversas áreas, incluindo neocórtex, giro denteado e bulbo olfatório. Esse autor sugeriu ainda que estas células, que ele chamava de “microneurônios”, possuíam axônios curtos e apresentavam forma granular ou estelar....
tracking img