Neto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1442 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Algumas das falhas mais comuns e letais cometidas pelas organizações quando o assunto é gestão de pessoas e o clima organizacional
1- Não comunicar: Muitas empresas ainda perdem tempo tentando filtrar as informações que serão transmitidas aos seus funcionários. Quanto mais clara for a comunicação, menores as chances de má interpretação da realidade e de proliferação de rumores infundados
2-Não escutar: Comunicar não basta. É preciso escutar o que os funcionários têm a dizer. As pessoas se sentem motivadas quando percebem que suas idéias são consideradas
3- Não liderar: Todo grupo precisa de um líder que mostre o caminho e se interesse pelo trabalho de cada um. Sua ausência causa a insegurança de um barco à deriva
4- Tratar o indivíduo com indiferença: Cada funcionário, comoindivíduo, gosta de ser reconhecido como único. O tratamento coletivo e indiscriminado leva à falta de comprometimento e a resultados medíocres
5- Agir com parcialidade: Poucos fatores geram tanta insatisfação nas empresas quanto uma atitude parcial na hora de promover, contratar e demitir. Os funcionários esperam que seus líderes sejam justos, ajam de acordo com o que falam e consigam explicar ejustificar seus atos
6- Não reconhecer e recompensar: As pessoas esperam que seus méritos e esforços sejam recompensados financeiramente ou não. A falta de reconhecimento gera desmotivação e compromete a busca por resultados excelentes
7- Não comemorar: Festejar as vitórias, mesmo as menores, ajuda a criar um ambiente positivo e costuma ser uma poderosa forma de reconhecimento coletivo

No séc. III,a.C., o rei T’são mandou seu filho, o príncipe T’ai, estudar no templo com o grande mestre Pan Ku, para prepará-lo como sucessor do pai ao trono, para ser um grande administrador. Quando o príncipe chegou ao templo, o mestre Pan Ku logo o mandou, sozinho, à floresta de Ming-li. Ele deveria voltar um ano depois, com a tarefa de descrever os sons da floresta. Passado o prazo, T’ai retornou e PanKu lhe pediu para descrever os sons de tudo aquilo que tinha conseguido ouvir.
Mestre, disse o príncipe, pude ouvir o canto dos cucos, o roçar das folhas, o alvoroço dos beija-flores, a brisa batendo suavemente na grama, o zumbido das abelhas e o barulho do vento cortando os céus...
Quando T’ai terminou, o mestre mandou-o de volta à floresta para ouvir tudo o mais que fosse possível. T’aificou intrigado com a ordem do mestre. Ele já não tinha distinguido cada som da floresta?
Por longos dias e noites, o príncipe sentou-se sozinho na floresta, ouvindo, ouvindo... Mas não conseguia distinguir nada de novo além daqueles sons já mencionados ao mestre Pan Ku... Certa manhã, sentado entre as árvores, começou a discernir sons vagos, diferentes de tudo o que ouvira antes. Quanto maisatenção prestava, mais claros os sons se tornavam. Uma sensação de encantamento tomou conta do rapaz.
- Esses devem ser os sons que o mestre queria que eu ouvisse, pensou.
Sem pressa, o príncipe passou horas ali, ouvindo e ouvindo, pacientemente. Queria ter a certeza de que estava no caminho certo.
Quanto T’ai retornou ao templo, o mestre lhe perguntou o que mais ele tinha conseguido ouvir.Mestre, responde respeitosamente o príncipe, quando prestei mais atenção, pude ouvir o inaudível – o som das flores se abrindo... do sol aquecendo a terra... e da grama bebendo o orvalho da manhã.
O mestre acenou com a cabeça em sinal de aprovação.
Ouvir o inaudível é ter a disciplina necessária para se tornar um grande líder, observou Pan Ku. Apenas quando se aprende a ouvir o coração daspessoas, seus sentimentos mudos, os medos não-confessados e as queixas silenciosas, um líder pode inspirar confiança a seu povo, entender o que está errado e atender às reais necessidades dos cidadãos. A morte de um país começa quando os líderes ouvem apenas as palavras pronunciadas pela boca, sem mergulhar a fundo na alma das pessoas para ouvir seus sentimentos, desejos e opiniões reais. É...
tracking img