Nenhum

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1847 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE LITERATUS - UNICEL
CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

ARMANDO JUNIOR
DANIELE CARVALHO
EUDES MORAES
FABIANA DOS SANTOS
IVONETE NASCIMENTO
JOICIMARA RODRIGUES
JOHN LENON
JOSÉ HELIOMAR
MILENA PINHEIRO
ROSIMARY SEVALHO
SUZIANE CARDOSO

TEORIA HUMANÍSTICA

MANAUS
2012

ARMANDO JÚNIOR
DANIELE CARVALHO
EUDES MORAES
FABIANA DOS SANTOS
IVONETE NASCIMENTO
JOICIMARA RODRIGUES
JOHNLENON
JOSÉ HELIOMAR
MILENA PINHEIRO
ROSIMARY SEVALHO
SUZIANE CARDOSO

Pesquisa apresentada a Faculdade Literatus, como pré-requisito para obtenção de nota parcial na Disciplina Introdução à Administração, turma 1ADM3/12N.

Orientadora: Profª Aline Matos Nobre.

MANAUS
2012

SUMÁRIO

Introdução............................................................................4
Pontosde Vista de Mayo.....................................................5
O trabalho é uma atividade grupal............................................5.1
O operário reage como um membro de um grupo social................5.2
A organização desintegra grupos primários (família), mas forma uma unidadesocial......................................................................................5.3
O conflito é o germe da destruição...................................................5.4
A formação de uma elite capaz de compreender e de comunicar, dotada de chefes democráticos e simpáticos......................................5.5
Experiência de Hawthorne...................................................6
PrimeiraFase....................................................................................6.1
Segunda Fase...................................................................................6.2
Terceira Fase.....................................................................................6.3
Quarta Fase.......................................................................................6.4
Conclusão daexperiência....................................................7
Características das Relações Humanas.............................8
Críticas á Teoria das Relações Humanas..........................9

INTRODUÇÃO

TEORIA HUMANISTICA

A abordagem humanista da teoria organizacional contrariou vários postulados da abordagem clássica de Fayol e da Administração Cientifica de Taylor. A ênfase na estrutura e nas tarefas foi substituída pela ênfasenas pessoas. A natureza do ser humano como “homo social” substituiu a concepção de “homo economicus, ou seja, as pessoas são motivadas e incentivadas por estímulos financeiros. Dentre os autores que agregaram referencial teórico à abordagem humanista no sentido das relações sociais e psicológicas podem ser citados: Mary Parker Follet (1868-1933), George Elton Mayo (1880-1949), Kurt Lewin(1890-1947), Hebert Alexander Simon (1945), Abraham H. Maslow (1908-1970), Frederick Herzberg (1959) e Douglas M. McGregor (1960).
Através das experiências coordenadas por Elton Mayo e realizadas a partir de 1927 na fabrica “Western Electric Company”, que produz equipamentos telefônicos, foi permitido o delineamento dos princípios básicos da Abordagem Humanista. Para Mayo a conduta do homem na sociedadeé determinada basicamente pela tradição. O comportamento tradicional é visto sob a óptica de um objetivo social positivo. A felicidade individual, o crescimento e a saúde da sociedade dependem da existência de um sentido de “função social” do indivíduo. Para Mayo, o conflito é uma chaga social e a cooperação é o bem-estar social, exceto as formas de cooperação apoiadas por meios políticos; como asnegociações coletivas, que na verdade não são cooperações.
2. PONTOS DE VISTA DE MAYO
* O trabalho é uma atividade grupal
* O operário reage como um membro de um grupo social.
* A organização desintrega grupos primários (família), mas forma uma unidade social.
* O conflito é o germe da destruição.
* A formação de uma elite capaz de compreender e de comunicar, dotada de...
tracking img