Natalidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1802 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Natalidade

Natalidade corresponde ao número de nascimentos em um determinado lugar. As taxas de natalidade ao longo das últimas décadas e as atuais vêm sofrendo uma queda. As nações industrializadas que ingressaram no processo da Primeira Revolução Industrial na primeira etapa, já haviam reduzido suas taxas ainda no século XIX e início do XX.

Já nos países de economias dependentes as taxasde natalidade sofreram quedas apenas nos últimos anos. Nos países subdesenvolvidos e ex-socialistas os índices diminuem constantemente. Alguns países realizam medidas para implantação de controle da natalidade, essa pode ser desenvolvida a partir de divulgação nos meios de comunicação, doação de preservativos e pílulas anticoncepcionais, entre outros.

O grupo de países desenvolvidos, apósatingir índices muito baixos de natalidade, chegou ao ponto máximo de queda. No caso da Alemanha e Dinamarca as taxas de natalidade já foram superadas pela de mortalidade, isso quer dizer que o número de óbitos é maior do que o de nascimentos, em suma, não há crescimento populacional ou vegetativo.

Essa disparidade faz com o governo de países com esse tipo de problema promova divulgação deincentivos à gravidez para povoar o país e aumentar a População Economicamente Ativa, pois caso o número de nativos seja insuficiente para o trabalho será necessário a entrada de trabalhadores de outras nacionalidades .Os países que possuem as menores das taxas de natalidade do mundo com índices inferiores a 14% são respectivamente: Japão, Rússia, Suécia, Estados Unidos, França, Luxemburgo, Itália,Alemanha.

Existe outro grupo de países que detêm taxas de natalidades razoáveis ou intermediárias, nesses se encontram Bangladesh, El Salvador, Paraguai, Filipinas e Síria, todos com percentuais entre 25% e 30%, além do Panamá, Brasil, Argentina, Turquia e Albânia com variáveis entre 19% a 24%.

Em outro grupo seleto estão os países que apresentam as mais altas taxas de natalidade do mundo, dessesse destacam Afeganistão, Angola, Etiópia, Congo, Lêmen, Costa do Marfim, Somália, Moçambique, Libéria e Uganda, todos com taxas acima de 40%, além de Butão, Nigéria, Gabão, Gâmbia, Laos e Paquistão, com índices que variam entre 35% e 40%, e por fim Guatemala, Arábia Saudita, Saara Ocidental, Sudão e Nepal entre 30% e 35%.




Controle de natalidade é a forma mais barata de reduzir emissões decarbono no futuro

Um estudo recém-divulgado pela London Business School traz uma conclusão surpreendente: a forma mais barata de reduzir emissões de carbono no futuro é o controle de natalidade. Incentivar as pessoas a terem menos filhos é apontado pelo estudo como a forma de melhor custo-benefício para resolver os problemas do aquecimento global.
Na análise de custos, chegou-se à conclusão deque cada US$7 investidos em controle de natalidade nos próximos 40 anos reduziriam as emissões globais de CO2 em mais de uma tonelada. Esse valor é quase cinco vezes menor do que seria preciso para se ter o mesmo benefício ambiental investindo em fontes de energia renováveis.
A pesquisa considera que o investimento necessário seria para atender cerca de 200 milhões de mulheres que engravidamindesejadamente todo o ano no mundo. Segundo as Nações Unidas, se essas mulheres tivessem acesso a métodos de contracepção, o número de partos no mundo cairia 72% e com isso teríamos menos seres humanos detonando o meio ambiente.


Planejamento Familiar e Controle de Natalidade

O Planejamento Familiar seria caracterizado pelos seguintes reconhecimentos: reprodução responsável, a atitudeconsciente coletiva, paternidade responsável, atitude consciente do casal em ter apenas o número de filhos que pudessem ser criados e educados com dignidade; e o espaçamento entre as gestações; Controle de natalidade são medidas de emergência, incluindo o estabelecimento de medidas restritivas, caso o planejamento familiar não fosse aplicado ou fracassasse, como no caso da Índia e da China; Política...
tracking img