Nada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (641 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIP - UNIVERSIDADE PAULISTA
CURSO DE PSICOLOGIA
DISCIPLINA HISTÓRIA DO PENSSAMENTO FILOSÓFICO

Reflexão Filosófica
Não nos Banhamos Duas Vezes no Mesmo RioAluno
Profª:

São José dos Campos - SP
1º Semestre - 2013

INTRODUÇÃO

Heraclito, em detalhedo afrescopintado por Rafael, A Escola de Atenas

Heraclito de foi um filósofo pré-socrático considerado o "pai da dialética". Heraclito nasceu em Éfeso, cidade da Jônia (atual Turquia).  Era homemde sentimentos elevados. Por seu desprendimento em relação ao poder e pelo desprezo que dedicava aos bens materiais, não era simpático aos efésios, que eram exatamente o seu oposto. Foi, aliás, muitocriticado por seus concidadãos quando conseguiu convencer o tirano Melancoma a abdicar para ir viver nos bosques, em livre contato com a natureza[1]. Era acusado de desprezar a plebe, de se recusar aparticipar da política - essencial aos gregos) - e de desdenhar os poetas, os filósofos e a religião.[2]
Nos últimos anos da sua vida, passou a viver ainda mais isolado, nas montanhas, alimentando-sesomente de plantas. Quando adoeceu, atacado por uma hidropisia, foi obrigado a voltar à cidade.

Heraclito, inserido no contexto pré-socrático, parte do princípio de que tudo é movimento, e que nadapode permanecer estático - Panta rei ou "tudo flui", "tudo se move", exceto o próprio movimento.
Mas este é apenas um pressuposto de uma doutrina que vai mais além. O devir, a mudança que aconteceem todas as coisas é sempre uma alternância entre contrários: coisas quentes esfriam, coisas frias esquentam; coisas úmidas secam, coisas secas umedecem etc. A realidade acontece, então, não em uma dasalternativas, posto que ambas são apenas parte de uma mesma realidade, mas sim na mudança ou, como ele chama, na guerra entre os opostos.
Para o naturalista esta guerra é a realidade, aquilo que...
tracking img