Mutismo seletivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2615 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MUTISMO SELETIVO
Mutismo seletivo é uma condição de ansiedade social, consistindo na incapacidade do indivíduo de expressar-se verbalmente em certas situações.
Descrição
No DSM-IV - Manual de Diagnóstico e Estatística de Transtornos Mentais, o mutismo seletivo é descrito como uma desordem psicológica infrequente nas crianças. Crianças e adultos com o transtorno são completamente capazes defalar e compreender a linguagem, mas não o fazem em certas situações sociais, quando é o que se espera deles. Funcionam normalmente em outras áreas do comportamento e aprendizagem, mas se privam severamente de participar em atividades em grupo. É como uma forma extrema de timidez, mas a intensidade e a duração a distinguem. Como exemplo, uma criança pode ficar completamente calada na escola, poranos, mas falar livremente ou até excessivamente em casa.
O mutismo seletivo é caracterizado por:
• Fracasso consistente para falar em situações sociais específicas apesar de expressar-se verbalmente em outras situações.
• Como o Raj, do The Big Bang Theory, tem medo de falar com mulheres.
• Interfere com os logros educacionais ou profissionais, ou com a comunicação social.
• O fracasso parafalar não se deve à falta de conhecimento do idioma falado requerido na situação social.
• Não se considera um transtorno de comunicação (por exemplo, gagueira), e não ocorre exclusivamente durante um transtorno psicótico.
***************************************************************************************
Depois de dois meses de aulas, Lewis Fawcett, já com 7 anos de idade, conseguiu falar pelaprimeira vez com a professora – depois de muito esforço dela. O menino sofria com um distúrbio pouco conhecido, chamado de mutismo seletivo, que inibe a criança de conversar com pessoas estranhas, aquelas que não costumam fazer parte de seu círculo social mais íntimo. Assim, Lewis conversava normalmente com sua família e mesmo com os colegas de classe, mas era só um professor ou um adulto seaproximar que o menino não conseguia falar mais nada. Em entrevista ao jornal Daily Mail, a mãe, Lisa, contou que percebeu o problema em 2006, e não houve melhora mesmo quando Lewis entrou na escola primária, no início de 2009. Graças à paciência e dedicação de sua professora, ele conseguiu superar o distúrbio, muitas vezes confundido com excesso de timidez.

Casos como esse são uma exceção. Ementrevista à CRESCER, Elisa Neiva de Lima Vieira, psicóloga clínica, que trabalha há mais de 15 anos com crianças com essa dificuldade, explica mais sobre o distúrbio, fala dos sinais que indicam que uma criança possa tê-lo e como os pais e profissionais devem agir para ajudá-la a superar o problema.

CRESCER: Quais são as principais diferenças entre timidez e mutismo seletivo?
Elisa Neiva deLima Vieira: Uma criança tímida tem dificuldades de vínculos e contatos, obviamente, mas ela não deixa de exercer suas atividades devido à impossibilidade de falar. A criança com mutismo seletivo simplesmente para de se comunicar – ela passa a usar o “não falar” como forma de defesa emocional. Mas é preciso fazer uma avaliação com um especialista para ter certeza sobre o diagnóstico. Talvez por estarazão as crianças com mutismo seletivo ainda sofram muito, porque professores, pais, profissionais em geral e a própria sociedade brasileira ainda não têm este olhar. Os colegas de classe acabam incluindo a criança em rodas de chacotas, de bullying.

C.: O que pode causar esse problema?
E.N.L.V.: As pesquisas recentes e a prática clínica mostra que pode estar relacionado com situaçõestraumáticas vividas pela criança, de ordem física (violência física), ou psicológica (quando ela vivencia uma desintegração familiar, por exemplo).

C.: Em que faixa etária é mais comum?
E.N.L.V.: Percebemos que o início do mutismo seletivo está na faixa etária dos 3 anos de idade, quando a criança já tem a fala adquirida.
C.: O que os pais (e a escola) precisam prestar atenção?
E.N.L.V.: A...
tracking img