Mudando a cara do jogo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4566 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CAP. 1 O JOGO ATRAVÉS DOS TEMPOS

1.1 Origem do jogo
O jogo acompanha o homem desde os primórdios da história da humanidade. Quando o homem ainda não sabia falar, fazia uso do jogo dos gestos e dos sons para comunicar-se; ao descobrir a fala, teve início o “jogo de palavras”.
Toda capacidade e habilidade humana provém do jogo. Utilizamos várias formas de jogo: jogo dos músculos e dos membros,o jogo dos sentidos, os jogos corporais, o jogo das cores, da forma e dos sons.
Quando entramos em um jogo, automaticamente aceitamos suas regras. Por meio delas, separamo-nos por determinado momento do mundo real exterior e estabelecemos contato com nossas escalas internas de valores, vivendo a fascinação e a magia do lúdico.

1.2 Definição de jogo
O jogo é uma atividade espontânea,realizada por mais de uma pessoa, regida por regras que determinam quem vencerá. Estas regras incluem o tempo de duração, o que é permitido e proibido, valores das jogadas e indicadores sobre como terminar a partida.
A partir dessa definição, temos:
• Atividade livre: as pessoas jogam quando sentem vontade.
• Participação de mais de uma pessoa: alguns jogos dão a impressão de ter apenas um jogador – oxadrez jogado no computador, por exemplo. Podemos entender a situação dessa maneira ou visualizar dois jogadores: o que está diante do monitor e o idealizador do jogo.
• Regras que determinam quem vencerá: explicita formas de vencer e declara aberta a competição entre os participantes. As regras devem ser claras no que se refere a destinar recompensar, punições e impor limites aos jogadores.Quando um jogo acontece, podemos observar reações e comportamentos peculiares:
• Estão presentes a ludicidade e a imaginação;
• Há certo grau de tensão entre os jogadores;
• As atitudes são espontâneas.

1.3 Simulação
Constitui uma situação em que um cenário simulado representa os modelos reais, permitindo a reprodução do cotidiano.
Há momentos em que a melhor maneira de treinar pessoas éusando o simulador, onde a avaliação da performance individual é facilitada, possibilitando repetir quantas vezes for preciso o mesmo cenário.
Outro tipo de simulação é a reprodução, por meio do teatro, de situações problema comuns a pessoas ou grupos.

1.4 Jogo simulado
É uma atividade planejada previamente pelo facilitador, na qual os jogadores são convidados a enfrentar desafios que reproduzema realidade de seu dia-a-dia. Todas as decisões são de responsabilidade do grupo e as tentativas são estimuladas.
O que diferencia o jogo simulado do real é que, neste último, as sanções são reais e podem custar a perda de cargos, confiança, prestígio e trabalho. Na situação simulada, ao contrário, as pessoas que erram são encorajadas a tentar novamente. No erro e na vivência é que se encontramas maiores chances de aprendizagem.

1.5 Jogo de empresa
A estrutura do jogo de empresa é a mesma do jogo simulado, porém, ele retrata situações específicas da área empresarial.
Durante o jogo, o grupo realiza uma sequencia de interações e coloca em prática suas habilidades técnicas; o processo é semelhante ao de seu cotidiano. Provavelmente, agirá de acordo com seu modelo padrão de tomada dedecisões e, a partir dos resultados alcançados, poderá rever e replanejar ações visando a melhoria. Essas vivências contribuirão para o aperfeiçoamento da performance do grupo quando colocado diante de uma situação real, que exija respostas e ações concretas.
Além de aprimorar habilidades técnicas, o jogo proporciona a melhoria das relações sociais. As situações oferecidas modelam a realidadesocial e todos têm a oportunidade de vivenciar seu modelo comportamental e atitudinal. Para atingir os objetivos, os jogadores passam por um processo de comunicação intra e intergrupal, no qual se exige de todos habilidades como:
• Ouvir, processar, entender e repassar informações;
• Fornecer e receber feedback de forma efetiva;
• Discordar com cortesia, respeitando a opinião dos outros;
•...
tracking img