Introdução
Assinala-se hoje, 4 de Abril, o decimo aniversário da assinatura do Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka, entre o Governo angolano e a Unita, acto que mudou ocurso da História da República de Angola.

O acordo, realizado em 2002 no Palácio dos Congressos, em Luanda, e assistido pelo Presidente da República de Angola, José Eduardo dos Santos, e porrepresentantes da comunidade nacional e internacional, simbolizou o fim de um longo período de guerra, que deixou milhares de deslocados, mutilados e órfãos.

Justa porque a paz alcançada não foi umaimposição de forças externas, mas o resultado de esforços dos angolanos, que entenderam que havia a necessidade da cessação das hostilidades e de encetarem o processo de conclusão das tarefas remanescentesdo Protocolo de Lusaka, tendo em vista o estabelecimento da paz e a consequente reconciliação e reconstrução do país.

paz conquistada está e deve ser consolidada no dia-a-dia dos angolanos, atravésde acções e atitudes práticas, devendo todos contribuir para que este processo seja irreversível.

É vontade dos angolanos que sejam removidos todos os factores do passado, de modo a se construiruma pátria unida, solidária e madura, orientada pelos valores da unidade nacional, da democracia, liberdade, justiça social e pelo respeito dos direitos humanos. Conquistada a paz, novos desafios secolocam ao povo angolano, pois torna-se necessário continuar a envidar esforços para a sua consolidação, através do desenvolvimento de um conjunto de acções, que visem combater a fome e a pobreza.

.DESENVOLVIMENTO
A partir da assinatura do documento, o 4 de Abril foi instituído como feriado nacional e passou a ser, entre os angolanos, uma referência histórica importante na luta do povo,por marcar uma viragem decisiva no processo político e no de desenvolvimento de Angola.

A data constitui, igualmente, uma das maiores conquistas do povo angolano após a Independência Nacional, a... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2012, 07). Movimentos migratorios e a populacao activa e sectores de actividade. TrabalhosFeitos.com. Retirado 07, 2012, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Movimentos-Migratorios-e-a-Populacao-Activa/301299.html

MLA

"Movimentos migratorios e a populacao activa e sectores de actividade" TrabalhosFeitos.com. 07 2012. 2012. 07 2012 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Movimentos-Migratorios-e-a-Populacao-Activa/301299.html>.

MLA 7

"Movimentos migratorios e a populacao activa e sectores de actividade." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 07 2012. Web. 07 2012. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Movimentos-Migratorios-e-a-Populacao-Activa/301299.html>.

CHICAGO

"Movimentos migratorios e a populacao activa e sectores de actividade." TrabalhosFeitos.com. 07, 2012. Acessado 07, 2012. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Movimentos-Migratorios-e-a-Populacao-Activa/301299.html.