Movimento ambientalista no mundo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3421 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Movimento Ambientalista no mundo

O movimento ambientalista surgiu em vários lugares do mundo, em épocas distintas e tendo diferentes motivos. Portanto, não tem um marco definido de onde e quando se iniciou. As primeiras preocupações sócio-ambientais surgem a partir de meados do século XIX. Segundo McCormick, essas se iniciam devido aos problemas locais e dos "custos mais imediatos e pessoaisda poluição, da caça ou da perda das florestas". George Perkins Marsh, em 1864, publicou o livro Man and Nature, que é considerado por muitos um marco do ambientalismo americano. Este livro enfocava a questão do aumento do desperdício e da destruição como razões da destruição do planeta, tornando assim, inabitável para todos os seres humanos. Foi nos Estados Unidos também que surgiram próximo aofim do século dezenove duas vertentes deste movimento: os preservacionistas e conservacionistas; em contraponto aos preceitos desenvolvimentistas.

O movimento preservacionista, fundado por John Muir, é considerado mais radical, por acreditar que a interferência humana é essencialmente nociva ao meio ambiente. Protegendo a natureza contra o desenvolvimento moderno, industrial e urbano; fazreverência à natureza, no sentido da apreciação estética e espiritual da vida selvagem, assegurando a “intocabilidade” de parques destinados para este fim. Para ele, os animais, plantas e ecossistemas teriam um valor em si mesmos, independentemente da utilidade que pudessem ter para o homem.

Já os conservacionistas, consideram o ser humano capaz de utilizar destes recursos de forma controlada,equilibrada e, muitas vezes, mais eficazmente do que se este permanecesse “intocado”, como propõe a outra vertente. Movimento criado por Gifford Pinchot, engenheiro florestal treinado na Alemanha, ditava que a conservação deveria basear-se na prevenção de desperdícios e o uso dos recursos naturais para benefício da maioria dos cidadãos, incluindo as gerações futuras.
Apesar dos problemas ambientaisterem aumentado e intensificado cada vez mais ao longo do tempo e tornado um problema a nível mundial, o movimento ambientalista não seguiu esta mesma trajetória, tendo períodos de expansão e outros de "sonolência" (McCormick, 1989).
Os movimentos ambientalistas tornaram-se mais dinâmicos no início do século XX. Porém só no período pós Segunda Grande Guerra Mundial que se observaram os primeirospassos do que se pode chamar de Revolução Ambiental em nível mundial. Isso ocorreu devido às ameaças dos testes nucleares, ao intensivo aumento das indústrias, assim como uma elevação da concentração urbana, acarretando um elevado consumo de recursos naturais e um crescente aumento da poluição.
Um primeiro marco desse aumento de dinamismo do movimento ambientalista foi a realização , em 1949, daConferência das Nações Unidas sobre a Conservação e Utilização de Recursos, onde se debateu a questão do aumento da utilização dos recursos naturais e seus problemas gerados. Porém ficou apenas no âmbito dos debates, não havendo imposições governamentais.
A publicação do livro intitulado "Silent Spring" (Primavera Silenciosa), em 1962, da bióloga norte-americana Rachel Carson, foi um marco para aRevolução Ambiental, dando uma alavancada no movimento ambientalista. Esse livro analisou os efeitos que do DDT (diclorodifeniltricloruetano) – o mais poderoso pesticida desde então – na natureza e na saúde humana. Verificou que além de penetrar na cadeia alimentar, acumulava-se nos tecidos gordurosos dos animais, inclusive no homem. Com risco de causar dano genético e doenças como o câncer. ParaCarson, se não parassem com a utilização do DDT, que levava entre outros malefícios a destruição dos pássaros, as próximas primaveras seriam silenciosas, pois esses não existiriam mais. O escritor E. W. Teale, alertava: "Um spray que atua de forma tão indiscriminada como o DDT, pode perturbar a economia da natureza tanto quanto uma revolução perturba a economia social. Noventa por cento dos...
tracking img