Morfologia - classe de palavras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5284 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MORFOLOGIA - CLASSES DE PALAVRAS
 
As palavras são classificadas levando em consideração critérios como a forma (a que se associam a flexão e a função) e o significado.


 
a)   VARIÁVEIS
substantivos
adjetivos
pronomes
artigos
numerais
verbo
 
b)   INVARIÁVEIS
preposições
interjeições
conjunções
advérbio




SUBSTANTIVO
Conceito: palavra quenomeia os seres em geral.
Quanto à formação e natureza, pode ser:
 


a)   primitivo: designa um vocábulo original.
Ex.: pedra
 
b)   derivado: designa um vocábulo originado de outro, através dos processos de formação já estudados.
Ex.: pedreiro
 
c)   simples: quando é formado por um radical.
Ex.: homem
 
d)   composto: quando é formado por mais de um radical.
Ex.:guarda-chuva
 
e)   comum: designa de forma genérica os seres.
Ex: país
 
f)    próprio: designa os seres de forma específica.
Ex.: Brasil, Maria
 
g)   concreto: designa seres reais ou não. É sempre possível visualizar o substantivo concreto em nossa mente, mesmo não sendo real.
Ex.: casa, bruxa.
 
h)   abstrato: designa noções, estados, ações e qualidades tomados como seres.Os substantivos abstratos são, em geral, derivados de verbos ou adjetivos.
Ex.: trabalho, estudo, beleza.
 
i)    coletivo: designa uma pluralidade de seres da mesma espécie.
Ex.: cardume, multidão.

Flexões do Substantivo
Com base no estudo da estrutura das palavras, observe:
  a)   Se fizermos uma troca da desinência –o pela desinência –a, o substantivo passa a ser feminino.b)   Ser adicionarmos a desinência –s, o substantivo passa a ser plural.
c)   Se acrescentarmos o sufixo –inh-, o substantivo passa a ser diminutivo.
 
O substantivo, como já vimos, faz parte das classes de palavras variáveis e por isso, aceita flexão de:
a)   gênero: masculino ou feminino
b)   número: singular ou plural
c)   grau: aumentativo ou diminutivo
 ¬€€Flexão de Gênero
Analisando basicamente, pensamos em gênero masculino e feminino, confundindo com a noção de sexo (característica de animais). Não devemos confundir gênero com sexo, pois gênero é gramatical, sendo esse conceito usado para discriminar substantivos que aceitam um determinante (artigo) feminino (a) ou masculino (o).
Ex.:MASCULINO: o aluno, o homem, o cavalo, o estudante, o livro, ocarrasco, o rouxinol.
      FEMININO: a aluna, a mulher, a égua, a estudante, a criança, a onça.
 
¬€€Flexão de Grau
a) Grau normal: casa, cela, menino
 
b) Grau diminutivo:
- sintético: casebre, célula, celinha, menininho
- analítico:casa pequena, cela pequena, pequeno menino.
 
c) Grau aumentativo:
- sintético: casarão, celão, meninão
- analítico: casa grande, grande cela, meninogrande.
 
¬€€Flexão de Número
É bem simples. São dois os números: singular e plural.
Ex.: o carro, os carros.
 
Plural dos compostos:
- Substantivos ligados sem hífen formam plural como se fossem simples:
Ex.:aguardente/aguardentes, girassol/girassóis.
- Substantivos ligados por hífen:
 
1. variam os dois elementos
(subst.+ subst., subst.+ adj., adj. + subst., numeral +subst.)
Ex.: couve-flor – couves-flores
guarda-noturno – guardas-noturnos
carro-forte – carros-fortes
boa-vida – boas-vidas
segunda-feira – segundas-feiras
 
2. varia apenas o primeiro elemento

a)   elementos unidos por preposição
Ex.: pão-de-ló – pães-de-ló
pé-de-moleque – pés-de-moleque
pôr-do-sol – pores-de-sol
 
b)   o segundo limita o primeiro
Ex.: peixe-espada– peixes-espada
samba-enredo – sambas-enredo
banana-maçã – bananas-maçã
salário (para)-família – salários-família
 
3. varia apenas o último elemento
a)   palavras repetidas ou parecidas:
Ex.: reco-reco – reco-recos
pingue-pongue – pingue-pongues
 
b)   grão, grã e bel seguidos de substantivos:
Ex.: grão-mestre – grão-mestres
grã-duquesa – grã-duquesas...
tracking img