Monografia comercio eletronico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3791 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
 
Universidade Estadual de Campinas
 
Faculdade de Engenharia Elétrica e Computação
 
IA368F - Tópicos em Engenharia da Computação V
 
Prof.Dr. Ivan Luiz Marques Ricarte e
Prof.Dr. Leo Pini Magalhães
 
Aluna: Marcia de Fatima Pimenta – RA 984229
 Monografia sobre Comércio Eletrônico - Tendências
 
Julho de 1998
 
[pic]
Sumário
Introdução
Comércio Eletrônico – história
Comércio Eletrônico - tendências
Quando o assunto é segurança
Problemas / Segurança
Problemas – Custos
Problemas - A Tradição dos Varejistas
Facilidades
Compras porcatálogos
Estabelecimentos do mundo físico Vs. Estabelecimentos do mundo virtual
Futuro
Conclusão
Referências bibliográficas
[pic]
Introdução
 
Em seu período inicial, o comércio eletrônico ainda é caraterizado por um ambiente onde a experimentação é dominante. Apesar desse quadro de incertezas, o conceito de comércio eletrônico parece absolutamente real edefinitivo.
Julgar com desdém suas possibilidades sempre evoca a imagem de um construtor de carroças no começo do século olhando de soslaio para uma engoca barulhenta e fumacenta chamada de automóvel que passava sacolejando a seu lado. "Isto nunca vai ser utilizado, quem vai trocar um confortável e silencioso coche por esta coisa!", pensava ele. É certo que muitos dos carros não "pegaram", ficaramna história como realizações mal sucedidas de uma boa idéia. Mas aqueles que perceberam o caminho certo modificaram o mundo. Com certeza muitas lojas virtuais e muitas iniciativas ficarão por meio do caminho e terão que fechar suas portas. Mas o acerto de algumas realizações, já nos dias de hoje, demonstra a força e as possibilidades da idéia. Afinal, que idéia é essa? É, basicamente, utilizar ainfra-estrutura de serviços da Internet para realizar uma operação de compra e venda.
Comércio Eletrônico é o canal mais moderno e simples de vendas, não envolve pesados recursos de investimentos ou de pessoal e pode ser acessado com um browser através do meio eletrônico mais difundido nos dias de hoje – a INTERNET.
Ele é considerado como um iceberg do qual já não se pode mais escapar. Atualmenteas compras pela Internet totalizam aproximadamente 500 milhões de dólares em todo o mundo, e segundo o instituto de pesquisas americano Forrester Research devem beirar os 7 bilhões de dólares até o ano 2000. Uma outra entidade internacional, o International Data Corporation, IDC, prevê que o comércio eletrônico estará movimentando, até o final do século a fantástica cifra de 117 bilhões dedólares.
O Comércio Eletrônico é uma atividade nova demais para todos nós para podermos ter uma idéia precisa de onde se pode chegar, mas não restam dúvidas que a Internet se transformou num magnífico e dinâmico canal de compras.
Os lojistas "cibernéticos" estão investindo na compra de espaços nos shoppings virtuais, pois é a fórmula mais eficiente e econômica de fixar sua imagem em meio aos milhares dealternativas que a Web oferece para, aos poucos, também alavancar nas vendas.
No Brasil, os shoppings eletrônicos ainda são poucos, considerando-se os existentes no mundo lá fora, mas já mostram um certo crescimento no mercado.
Grupos como o Pão de Açúcar Delivery, Itautec e alguns bancos como: Bradesco, Banco Rural, Excel-Econômico dentre outros, que de olho no mercado promissor, também jáestão investindo na abertura de centros de compra na Internet.
A facilidade de se fazer compras sem sair de casa e recebê-las em domicílio é a grande aposta das empresas nas vendas online. Através da Internet é possível comprar desde produtos de informática, até games, quadros e o cliente ainda pode escolher entre pagar com cheque, cartão de crédito ou ecash, o dinheiro eletrônico.
A idéia de...
tracking img