Monitoramento e controle de processos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 83 (20514 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
MONITORAMENTO E CONTROLE DE PROCESSOS

PARA VALIDAÇÃO

PETROBRAS ABASTECIMENTO
EIDER PRUDENTE
DE

AQUINO

Diretor – Gerente do Abastecimento

LUIZ E DUARDO V ALENTE M OREIRA
Gerente Geral de Tecnologia de Refino

AUGUSTO FARIAS
Gerente de Recursos Humanos de Abastecimento

MAURÍCIO LIMA
Coordenador de Formação, Capacitação e Certificação no Abastecimento

CONFEDERAÇÃONACIONAL DA INDÚSTRIA – CNI Conselho Nacional do SENAI CARLOS E DUARDO M OREIRA F ERREIRA
Presidente

COMISSÃO DE APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO AO PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DO SENAI DAGOBERTO LIMA GODOY
Vice-Presidente da CNI

FERNANDO C IRINO GURGEL
Diretor – 1º Tesoureiro da CNI

MAX SCHRAPPE
Vice-Presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo

SENAI – DEPARTAMENTONACIONAL JOSÉ MANUEL
Diretor-Geral

DE

AGUIAR MARTINS

MÁRIO Z ANONI ADOLFO C INTRA
Diretor de Desenvolvimento

EDUARDO OLIVEIRA SANTOS
Diretor de Operações

ALBERTO BORGES
Coordenador da COTED

DE

ARAÚJO

MONITORAMENTO E CONTROLE DE PROCESSOS
Marcelo Giglio Gonçalves

TOMO 2

B R A S Í L I A 2003

MONITORAMENTO E CONTROLE DE PROCESSOS
© 2003 Marcelo GiglioGonçalves

Todos os direitos reservados
SENAI Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Nacional
Setor Bancário Norte – Quadra 1 – Bloco C Edifício Roberto Simonsen 70040-903 – Brasília – DF Tel.: (61) 317-9001 – Fax: (61) 317-9190 http://www.dn.senai.br

PETROBRAS Petróleo Brasileiro S. A.
Avenida Chile, 65 – 20º andar 20035-900 – Rio de Janeiro – RJ Tel.: (21) 2534-6013

SérieQualificação Básica de Operadores
1. VIDA
E

A MBIENTE
E

2. MONITORAMENTO 3. S ISTEMAS 5. G ESTÃO
DE E

CONTROLE

DE

PROCESSOS

PROCESSOS INDUSTRIAIS P ROCESSOS RISCOS

4. OPERAÇÃO
DA

Q UALIDADE

6. OPERAÇÃO

SEM

A publicação desta série é uma co-edição entre o Senai e a Petrobras SENAI DEPARTAMENTO NACIONAL
UNIDADE DE CONHECIMENTO E TECNOLOGIA DA EDUCAÇÃO – COTEDPETROBRAS
DIRETORIA DE ABASTECIMENTO

SENAI-RJ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO
GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL – GEP

F I C H A C ATA L O G R Á F I C A

Gonçalves, Marcelo Giglio. Monitoramento e controle de processos, 2 / Marcelo Giglio Gonçalves. — Rio de Janeiro: Petrobras ; Brasília : SENAI/ DN, 2003. 100 p. : il. — (Série Qualificação Básica de Operadores). TÍTULO CDU 65:504.05

SumárioLista de ilustrações Apresentação Uma palavra inicial UNIDADE 4 Instrumentação, controle e automação dos processos industriais Aspectos gerais da área de instrumentação
Terminologia Principais sistemas de medidas Telemetria

7 9 13

15 17 19 27 27 31 33 39 39 40 41 43 48 49 51 52 57 59 61 61

Medição de pressão
Dispositivos para medição de pressão

Medição de temperatura
ConceitoTemperatura e calor Escalas de temperatura Medidores de temperatura por dilatação/expansão Efeitos termoelétricos Leis termoelétricas Correlação da FEM em função da temperatura Tipos e características dos termopares Correção da junta de referência Medição de temperatura por termorresistência

Medição de nível
Métodos de medição de nível de líquido

Medição de vazão
Tipos de medidores devazão Medidores especiais de vazão

71 72 77 79 80 82 83 84 85 85 86 87 88 89 91 93 94 96 98

Elementos finais de controle
Válvulas de controle Válvula de controle: ação Posicionador Características de vazão de uma válvula

Controle e automação industrial
Atrasos de tempo do processo Atrasos na malha de controle Ações de um controlador Ações de uma válvula de controle Modos de controleAjustes de um controlador proporcional Influência do ajuste da faixa proporcional (ou do ganho) Controle proporcional + integral Controle proporcional + derivativo Controle proporcional + integral + derivativo

Lista de Ilustrações

U NIDADE 4
FIGURAS FIGURA 1 – Malha de controle fechada /18 FIGURA 2 – Malha de controle aberta /18 FIGURA 3 – Indicador /22 FIGURA 4 – Registrador /22 FIGURA 5 –...
tracking img