Modelo de pca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4673 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PCA
PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO AUDITIVA

EMPRESA XXX

XXX

PROGRAMA DE CONSERVAÇÀO AUDITIVA
( PORTARIA N. 9 , DE 9 DE ABRIL DE 1998 ) .

EMPRESA: XXXXX

REVISÃO DE 15 DE MARÇO DE 2003
PERÍODO: NOVEMBRO 2002 A OUTUBRO 2003
Responsável técnico:

PhD Thomas Eduard Stockmeier
MEDICO DO TRABALHO CRM-SP 112490-S CRM-BA 12158-P CRM-MG 20542-S
TITULO DE ESPECIALISTA EM MEDICINA DO TRABALHOPELA ANAMT N°070286
PhD em Medicina Ocupacional ANAMT 3467
Higienista Ocupacional ABHO 582
Ergonomista - membro profissional da ABERGO
Perito Judicial & Assistente Técnico
Auditor Ambiental & Ocupacional ASPEJUDI 499

0

EMPRESA XXX

PCA
PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO AUDITIVA

XXX

ÍNDICE

1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.
10.
11.
12.
13.
14.
15.
16.
17.
18.
19.
20.
21.IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA
INTRODUÇÃO
OBJETIVOS
CONTEÚDO BÁSICO NOS CONFORMES DA ORDEM DE SERVIÇO 608 INSS
DEFINIÇÕES BÁSICAS
PRINCÍPIOS BÁSICOS
DIRETRIZES
METODOLOGIA
DEFINIÇÕES E CARACTERIZAÇÃO
TIPOS DE EXAMES AUDIOMÉTRICOS
VIAS, FREQÜÊNCIAS E OUTROS TESTES COMPLEMENTARES
INTERPRETAÇÃO DO RESULTADOS DO EXAME AUDIOMÉTRICO COM
FINALIDADE DE PREVENÇÃO
DIAGNÓSTICO DA PERDA AUDITIVAINDUZIDA POR NÍVEIS DE PRESSÃO
SONORA ELEVADOS E DEFINIÇÃO DA APTIDÃO PARA O TRABALHO
CONDUTAS PREVENTIVAS
COMITE GESTOR
PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS
DAS RESPONSABILIDADES
VIABILIZAÇÃO
CONCLUSÃO
ANEXO 1 - MODELO DE RECONHECIMENTO DE PERDA AUDITIVA
ANEXO 2 – MODELO DE CAT

1

EMPRESA XXX

PCA
PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO AUDITIVA

XXX

1. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA
• EMPRESA:CONSÓRCIO BTE

• C.N.P.J.:

05 222 349 / 0001 - 91

• INSCRIÇÃO ESTADUAL

15 225 972 -4

• ENDEREÇO:

VILA DO SOSSEGO S/N

• TELEFONES:

031 3263-3100 R 651 AO 656

• CIDADE:

CANAÃ DOS CARAJÁS

ESTADO

PARA

• CÓDIGO ATIVIDADE (CNAE):

45-21-7

• ATIVIDADE PRINCIPAL

EDIFICAÇÕES RESIDENCIAIS, COMERCIAIS E DE SERVIÇOS

(DE ACORDO COM O C.N.A.E..):
• GRAU DE RISCO:GRUPO DE RISCO:

4
C18A CONSTRUÇÃO

• DATA VISTORIA TÉCNICA:

NOV 2002 / MAR 2003

• HORÁRIO DE TRABALHO:

8 HORAS DIÁRIAS, COM EVENTUAIS HORAS EXTRAS

• CONTATOS:

ENG. SEG. CLAUDIO HABIB BAHIA
031 9951-6806
DR. THOMAS EDUARD STOCKMEIER
094 9132-2546
drthomas@ig.com.br

2

EMPRESA XXX

PCA
PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO AUDITIVA

XXX

2. INTRODUÇÃO
É mister estabelecer-seprioritariamente nas estruturas de proteção dos integrantes da
empresa XXXX (PCMSO, PPRA, CIPA, PCA, PPR PROERGO, PCMAT, PPEOB, enfim os
programas de conservação da saúde do trabalhador, existentes ou que venham a ser criados e
ou implementados), uma política de proteção audiológica como medida prevencionista efetiva
contra a PAIR (Perda Auditiva Induzida Pelo Ruído) e a surdez ocupacional, quecontemple em
seu bojo de atividades um Programa de Conservação Auditiva, aliás preconizado quando, pelo
Decreto n° 611/92, que regulamentou a lei n° 8213/91, que o ruído foi reconhecido e
considerado como agente etiológico de doença profissional; e atinente a isto, evitar que os
integrantes, principalmente os portadores de PAIR e PAIRO, sejam expostos à ambiente de
trabalho com níveis depressão sonora além dos permitidos pela NR7 – anexos 1 e 2, da
Portaria 3214/78, sem EPI e ou EPC adequados, além da rigorosa observância dos tempos de
exposição; A Ordem de serviço 608 do INSS, que versa sobre PERDA AUDITIVA
NEUROSSENSORIAL POR EXPOSIÇÃO CONTINUADA A NÍVEIS ELEVADOS DE PRESSÃO
SONORA DE ORIGEM OCUPACIONAL.

3. OBJETIVOS
Estabelecer diretrizes e parâmetros mínimos para avaliaçãoe o acompanhamento da audição
do trabalhador através da realização de Exames audiológicos de referencia e seqüenciais.
Fornecer subsídios para a adoção de programas que visem a prevenção da perda auditiva
induzida por níveis de pressão sonora elevados e conservação da saúde auditiva dos
trabalhadores.

4. CONTEÚDO BÁSICO NOS CONFORMES DA ORDEM DE SERVIÇO 608
INSS:
1) Monitorização da...
tracking img