Mmmmmmmmmmmm

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2018 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 6543212109876543210987654321098765432165432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321 65432121098765432109876543210987654321

ESTOU NA UNIVERSIDADE, E AGORA? REFLEXÕES SOBRE OS ESTUDOS ACADÊMICOS.
1

Kátia Simone Carrilho Lima2 RESUMO: O presente artigo abordará algumas diretrizes necessárias para um bom aproveitamento nos estudos acadêmicos. Trata-se de uma temáticarelevante na medida em que procura levantar reflexões em torno da postura acadêmica do aluno universitário, frente aos desafios que o “mundo acadêmico oferece”.

PALAVRAS-CHAVE: produção de conhecimento, diálogo, trabalhos acadêmicos, leitura crítico-reflexiva, documentação.

INTRODUÇÃO
Alcançar a aprovação para ingressar no Ensino Superior, requer força de vontade, disciplina e objetivos bemdefinidos por parte dos alunos, uma vez que, preparar-se para o processo seletivo, é uma verdadeira corrida contra o tempo diante de tantos assuntos a serem estudados, isto é, memorizados.

Este esforço é recompensado quando a aprovação é conquistada. Agora, na universidade, o aluno é o “profissional em formação” e este aspecto passa a ser eixo central de todo o seu caminhar acadêmico diante dasmuitas disciplinas que lhes serão apresentadas. É neste momento que os problemas aparecem. O aluno se depara com uma gama de textos, livros e trabalhos em grupo, sobre os mais variados assuntos importantes para sua formação. Entretanto, por não saber como estudar, (não conhece técnicas ou métodos de estudo), o aluno, angustiado, não

sabe o que fazer com tantas informações. Em outras palavras,“ensinaram” a ele, ao longo das séries anteriores à Universidade, como receber passivamente todos os conteúdos que ele deveria estudar para tirar nota boa e passar de ano. Agora, o que fazer para des-construir a cultura da consciência bancária3 irrigada nesse aluno que hoje se encontra na universidade? Ao longo de minha graduação, tendo contato com os alunos de 1a série do curso de Pedagogia – Ciênciada Educação, ouvi comentários como: “Meu Deus, além de ter que ler esse livro, para

1

2

Artigo apresentado no V Seminário de Pesquisa da UNAMA / VI Seminário de Iniciação Científica , orientado pelo Prof. Ms. Aniceto Cirino Filho. Aluna do curso de Pedagogia da UNAMA, monitora da disciplina Filosofia Geral e da Educação - 2003 .
Lato & Sensu, Belém, v. 4, n. 1, p. 3-5, out, 2003.

1 complicar, eu tenho que dá minha opinião!”; “Por que o professor (a) não dá matéria no quadro“ resumindo as idéias principais desse livro, seria mais fácil” ou “o professor passou um trabalho em grupo, tem que pesquisar, meus colegas não se interessam, vou ter que fazer só para não ficar com nota baixa! Fazer o quê ?” Nas “conversas de corredor”, semestre após semestre, era muito comum escutartais comentários dos alunos das 1a e 2a séries do curso de Pedagogia1 . Assim, fui observando que, os personagens trocavam, mas os discursos eram os mesmos. Esses discentes mostravam, em suas falas, a dificuldade de se trabalhar em grupo de estudo, problematizar as idéias dos autores e refletir criticamente sobre assuntos em torno das leituras acadêmicas. Tendo como objetivo central abordaralgumas diretrizes necessárias para um bom aproveitamento nos estudos acadêmicos, este artigo é relevante na medida em que procura levantar reflexões em torno da postura acadêmica do aluno universitário, frente aos desafios que o “mundo acadêmico oferece”.

de vida”, onde o aluno se lapida e é lapidado. Este processo é dificultoso para aqueles que não conseguem se desatrelar do ensino tradicional...
tracking img