Minha companheira tem transtorno mental

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 236 (58909 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE ESPECIALIZAÇAO EM ATENÇAO PSICOSSOCIAL E SAUDE
MENTAL DE VITORIA DA CONQUISTA – BA

Promoção: SMS/ Vitória da Conquista – BA e Ministério da Saúde.
Organização: UFRJ/ IPUB/ NUPPSAM








MINHA COMPANHEIRA TEM TRANSTORNO MENTAL














IARA CARDOSO BRANDÃO SPINOLA
MILLENA DE ANDRADE BAHIANO


















VITÓRIA DA CONQUISTA-BAJUNHO DE 2008




















Minha companheira tem transtorno mental


















Millena de Andrade Bahiano
Centro de Estudos Superiores de Maceió-AL - CESMAC

Iara Cardoso Brandão Spinola
Faculdades Metropolitanas Unidas/ São Paulo – FMU-SP














Minha companheira tem transtorno mental




“A fala enuncia oencontro. Na medida em que o individuo se expressa, a sua intencionalidade é sempre comunicativa, porque a expressão implica a compreensão da coexistência. A função do eu e o outro, articula a compreensão deste mundo revelado na interação.”
(AUGRAS, 1981, P.82).

















Millena de Andrade Bahiano
Centro de Estudos Superiores de Maceió-AL - CESMAC

Iara Cardoso BrandãoSpinola
Faculdades Metropolitanas Unidas/ São Paulo – FMU-SP


Sumário

3. Resumo...............................................................................pág.05
4. Abstract..............................................................................pág.06
5. Introdução..........................................................................pág.07
6. A Família e o TranstornoMental....................................pág.09
7. A Despersonalização e o Serviço Substitutivo................pág.12
8. Metodologia........................................................................pág,15
9. Análise do Discurso............................................................pág.16
10. Considerações Finais.........................................................pág.21
11.Agradecimentos..................................................................pág.24
12. Rerefências Bibliográficas.................................................pág.25
13. Apêndice..............................................................................pág.26


















Resumo

Observa-se nos serviços de saúde mental, respectivamente, Hospital PsiquiátricoAfrânio Peixoto/ Vitória da Conquista - BA e Centro de Atenção Psicossocial- CAPS I/ Cândido Sales-BA, queixas constantes quanto aos conflitos conjugais vivenciados por mulheres portadoras de transtorno mental grave- PTM.
A partir dessa perspectiva, nós profissionais da saúde mental, vimos à importância de realizarmos uma pesquisa no sentido de compreender melhor os comprometimentos psicológicos,sociais e motivacionais ocorridos na vida do cônjuge não-portador de sofrimento mental em dois contatos institucionais diferentes: hospital e CAPS. E com isso, obter resultados que favoreçam a elaboração de estratégias de intervenção eficazes para a “otimização” das relações conjugais dos portadores e, conseqüentemente, contribuir para a terapêutica de tratamento da mulher.Palavras-chaves: Gênero e saúde mental; relações conjugais nos transtornos mentais; mulheres e instituições psiquiátricas;

















Abstract

It is observed in the services of mental health, respectively, Psychiatric Hospital Afrânio Peixoto/Vitória da Conquista - BA and constant Center of Attention Psicossocial- CAPS I Cândido Sales-BA, complaints how much to theconjugal conflicts lived deeply by carrying women of mental upheaval serious PTM. From this perspective, professional us of the mental health, we saw to the importance to carry through a research in the direction to understand the psychological, social comprometimentos better and motivacionais occurrences in the life of the spouse not-carrier of mental suffering in two different institucional...
tracking img